rp_xxx-porno-gratis-anti-virus_2014-03-31.jpg

Conteúdo adulto grátis exige instalação de antivírus

Estima-se que o mercado da pornografia represente 15% do conteúdo disponível na Internet e 25% do volume de buscas online. E, frequentemente, percebem-se alterações nas configurações de computadores, […]

Estima-se que o mercado da pornografia represente 15% do conteúdo disponível na Internet e 25% do volume de buscas online. E, frequentemente, percebem-se alterações nas configurações de computadores, laptops, celulares e navegadores após uma visita a sites gratuitos de conteúdo adulto. Os endereços se tornaram alvos de hackers por concentrar grande número de visitas e são portas de entrada para softwares maliciosos monitorarem e roubarem suas informações pessoais.

Se você acessa sites pornôs grátis ou empresta seu dispositivo a alguém, sabe que corre o risco de ter alguma ameaça virtual instalada no seu computador, laptop ou celular. De acordo com a Ghostery, companhia de monitoramento e rastreamento online, só no terceiro trimestre de 2013, 869 rastreadores foram localizados em sites pornográficos. E, 40% dos técnicos em informática que removeram alguma ameaça virtual de computadores em empresas, creditam a infecção do dispositivo a visitas e cliques nestes sites. Recomenda-se, além de manter atualizado o sistema operacional, o uso de navegador seguro e a instalação de uma suíte de segurança capaz de proteger informações e prevenir aborrecimentos.

Adotando o PSafe Web como navegador, você garante bloqueio automático a pop-ups, banners e anúncios, muito utilizados para a disseminação de pragas virtuais em ambientes não seguros. Você também pode optar por um pacote completo de proteção digital para computadores e laptops Windows e MAC OS, instalando a suíte de segurança PSafe Suite. E, caso tenha um celular Android, poderá estender a proteção ao seu dispositivo móvel com o PSafe Suite Android. Seja qual for a plataforma, quando se trata de segurança digital, é sempre bom contar com uma mãozinha.