rp_emocao-transporte_2014-06-23.jpg

Projeto mapeia emoções dos usuários de transporte público

Projeto pioneiro pretende conectar usuários de transporte público por meio do mapeamento de suas emoções, visando melhorar o deslocamento no dia a dia

Os deslocamentos se tornarão mais prazerosos e com mais informações. Isso é o que propõe um grupo de especialistas em transporte e tecnologia do Reino Unido.

A intenção é mapear as emoções postadas pelos usuários em diversas plataformas, principalmente o Twitter, com o objetivo de melhorar os deslocamentos das pessoas no dia a dia.

Os desenvolvedores afirmam que os usuários poderão planejar melhor seus itinerários e relaxar, aproveitando o tempo que estão na condução para compartilhar seus sentimentos e ampliar a rede, que pretende atingir o maior número de pessoas.

Emoção das pessoas ao utilizar transporte público pode ganhar as redes sociais

Um segmento que pode ser alvo da nova plataforma, segundo os desenvolvedores, é o dos prestadores dos serviços de transporte, que podem identificar melhorias, benfeitorias e compreender melhor as necessidades dos usuários do serviço. O projeto ainda permite aos prestadores, a partir da análise de informações, traçar planejamentos de médio e longo prazos a fim de maximizar seus serviços.

O Mapeamento Sentimento ainda está em fase inicial e sendo experimentado no Twitter, com ‘twittes geolocalizadas’. Uma experiência já foi realizada em uma região entre Londres e Milton Keynes. O resultado foi uma mistura de marcações no mapa nas cores verde e vermelha, que simbolizavam as emoções das pessoas que estavam utilizando trem, ônibus e metrô.

Segundo o grupo de desenvolvedores, a oportunidade de fazer com que usuários do transporte público tenham voz atua de forma determinante na hora de os governantes criarem políticas realmente eficazes para a população.