drones

Projeto usará drones para preservar florestas brasileiras

Drones irão monitorar em tempo real as principais atividades ilegais nas matas brasileiras, como o desmatamento e as queimadas.

Seja para filmar, entregar encomendas ou até mesmo combater incêndios, os veículos aéreos não tripulados (VANT), os famosos ‘drones’, tem contribuído para diversos avanços no cotidiano do ser humano.  Agora, em uma parceria da ONG World Wide Fund for Natura (WWF) Brasil e instituições que preservam a natureza, os ‘drones’ serão usados para monitorar áreas de conservação ambiental no país.

Veja também: Nove coisas que os drones já podem fazer

No projeto ‘Ecodrones Brasil’, lançado no dia 17 de Julho,  os ‘drones’ irão capturar dados e imagens em tempo real por toda a área da Amazônia e do Cerrado Brasileiro.  Os veículos aéreos não tripulados vão mapear as áreas de proteção ambiental, coletar informações para pesquisas e auxiliar na identificação de incêndios ou exploração ilegal de recursos naturais.

O projeto já conta com três dispositivos,  mas por enquanto apenas um tem permissão para realizar voos. O drone já monitora a área do Parque Nacional Pau Brasil, mata atlântica nativa na Bahia.

Em 2012, a ONG WWF, com sede em diversos países, recebeu uma premiação do Google pelo uso dos ‘drones’ no auxilio da redução da mortalidade de elefantes e rinocerontes em áreas protegidas na África.