rp_25MM-kiper_2014-11-17.jpg

PSafe chega a 25 MM de usuários e abre escritório na China

Conheça a PSafe, líder em segurança digital baseada na nuvem no Brasil e América Latina

A PSafe Tecnologia completa quatro anos e já faz parte da vida de um em cada oito brasileiros, ou 12,5% da população do país. São 25 milhões de pessoas que baixaram ao menos um dos produtos oferecidos pela empresa para garantir proteção online grátis a dispositivos eletrônicos no Brasil e melhorar a experiência digital dos usuários latino-americanos.

Este número fica ainda mais relevante se considerarmos a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada em setembro deste ano, que revela que o número de brasileiros conectados à internet corresponde a 50,1% da população – ou seja, cerca de 100 milhões de pessoas. Assim, os dados levam a crer que 25% dos brasileiros conectados utilizam os produtos da PSafe. Deste total, 22 milhões se conectam na plataforma Android, enquanto três milhões utilizam computadores Windows.

Líder em segurança digital no Brasil e América Latina, a PSafe conta hoje com um dos melhores times nacionais de Desenvolvimento, maior base antivírus para blindar o público LaTam contra ameaças digitais, e acaba de inaugurar um escritório na China para aumentar o intercâmbio tecnológico com o gigante asiático a fim de lançar no mercado nacional produtos de ponta para dispositivos Android. Não por acaso, a PSafe recebeu três importantes certificados internacionais desde 2013, AV-Comparatives e ICSA Labs (Windows) e AV-Test (Android).

Escritório PSafe China

Escritório da PSafe na China está pronto e os novos funcionários chegarão em breve para compor o time de Desenvolvimento Android

O crescimento nas redes sociais é outro destaque. Em janeiro de 2014, a fanpage da PSafe no Facebook tinha 16 mil curtidas. Apenas dez meses depois, esse número chegou a 903 mil. A expectativa é ainda maior: fechar o ano com mais de um milhão de fãs. A empresa espera crescer 60% ao longo de 2015, de olho na classe C emergente da América Latina, vibrante e cada vez mais conectada.

"A marca tem uma forte associação com a segurança. É por isso que nossos usuários confiam tanto nos nossos produtos", afirmou Ram Rao, CMO da PSafe Tecnologia. "Nossos números são bons, mas queremos atrair mais usuários ativos, que hoje somam 11 milhões mensais, além daqueles que apenas instalam nosso produto. A meta é ultrapassar os 20 milhões de ativos no Brasil, e chegar a 50 milhões somando toda a América Latina", acrescentou. Para isso, a PSafe investe mais de R$ 1 milhão mensais em ações de Marketing e divulgação, com 90% da verba aplicados para presença digital.

Entre os que usam o APP todos os dias, 1.477.491 de clientes ativaram o antifurto até o dia 30/9.

Eles lideram os times que fazem a empresa

“A empresa trabalha em prol da mesma causa: criar os melhores produtos para o público brasileiro, deixando o mundo digital mais acessível e menos arriscado. Com esse foco, desenhamos e desenvolvemos features relevantes e fáceis de usar para os nossos clientes”, explica o CEO da empresa, Marco deMello.

É preciso muito esforço e trabalho para levar a cabo os planos de expansão e proporcionar aos consumidores produtos de qualidade e de graça. E nada melhor do que o próprio time da PSafe para contar um pouco sobre o segredo desse crescimento meteórico, reflexo do constante comprometimento da empresa com os usuários e a inovação, para oferecer ampla proteção contra as vulnerabilidades da rede. São 107 sócios-colaboradores, atuando nos setores de Desenvolvimento, Marketing, Produto, Infraestrutura, Financeiro, Administrativo e RH, distribuídos entre os escritórios do Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis.

Para garantir a retenção de talentos e a oxigenação da equipe por meio da contratação de novos colaboradores, o time de RH não espera acontecer. “Não ficamos à mercê de vagas e sim de habilidades e competências. Muitas vezes não temos uma demanda profissional específica, mas talentos orbitam em torno do negócio da empresa, são apresentados por nosso time de colaboradores e contratados mesmo sem ter vaga em aberto”, informa Juliana Motta, gerente de RH.

A mesma antecipação no que se refere à proteção digital de brasileiros e latino-americanos, foco do time de DEV, também acontece no recrutamento. “O DNA de inovação constante da empresa nos permite isso. A PSafe não se engessa, nem quer engessar. Hoje as atenções estão voltadas para posições relativas ao universo Android, devido ao forte crescimento da nossa base de clientes do PSafe Total Android, o que não impede a contratação para as equipes de Marketing, Produto Desktop e Novos Negócios, por exemplo”, acrescenta.

O gerente de Infraestrutura da PSafe, Rafael Lopes, ressalta a importância dos equipamentos com baixa latência de comunicação interna, como switches que compõem rede 20Gbps de fibra óptica, discos e equipamentos de alta disponibilidade e durabilidade, que são montados e operados pela equipe da casa, além da presença de todos os servidores da empresa no Brasil, em datacenters Tier 3, o que aumenta a velocidade de resposta ao usuário brasileiro.

“Não deixamos de utilizar cloud computing, quando necessário, para atender com capacidade dinâmica e sem desperdício, em caso de underload ou de subutilização em caso de overload de recursos computacionais tradicionais”, destaca Rafael. “Nossa equipe, dentre outros trabalhos multitasking, é apaixonada por tunning e vulnerabilidades recém-descobertas, e utiliza recursos de monitoramento ativo e dashboards operacionais para acompanhar a infraestrutura como um todo", afirma.

A importância da infraestrutura de TI, que é montada para suportar cada vez mais usuários, é outro ponto que merece destaque. A PSafe usa computação na nuvem de última geração para processamento de centenas de Gigabytes de informação por dia. “Usamos equipamentos com capacidade de escalabilidade vertical e horizontal, o que pressupõe modernas tecnologias de processamento de dados", esclarece Rodrigo Souza, gerente de Dados, do time de Business Intelligence, responsável por integrar grandes volumes de dados e preparar relatórios e análises, bases para as decisões gerenciais e executivas.

O líder do Laboratório de Análise da PSafe, Thiago Marques, destaca o volume de ameaças que são detectadas por aqui: "O número de ameaças móveis processadas no mundo todo por dia é em média 15K. Na PSafe processamos uma média de 5-10K por dia".

Gerente de Produtos Mobile, Donna Crowell explica como sua área contribui para o resultado positivo obtido ao longo do ano e os planos para o futuro. "Nos próximos meses, vamos focar na melhoria das features existentes e da usabilidade do produto como um todo. Já temos o melhor produto de antivírus do Brasil, agora vamos focar no antifurto, ativo em mais de 1,5 milhão de Androids com o PSafe Total, limpeza e cofre, para melhorar a experiência total", conclui.