PSafe repercute na web com ação do Dia Internacional da Mulher

Campanha #EuQueDecido foi citada na mídia como exemplo no combate ao crime digital. Além disso, número de funcionárias da PSafe também foi destaque. Leia!

No início desta semana, a PSafe lançou sua campanha #EuQueDecido para conscientizar seus usuários sobre a privacidade digital, em especial com as mulheres. Motivada pelo Dia Internacional da Mulher, a empresa elaborou uma cartilha com dicas sobre o que fazer caso suas fotos íntimas acabem na internet. Além da PSafe, diversos veículos de comunicação se juntaram à campanha e divulgaram as informações em seus portais.

O Mundo do Marketing, Promoview, Adoline e Grandes nomes da propaganda deram atenção à campanha em si e compartilharam com seus leitores as etapas da cartilha da empresa. Além disso, o portal de notícias R7, Diário do Nordeste, Telequest e Tecstudio apontaram o PSafe Total  e seu recurso de Proteção Avançada como uma possível solução para aumentar a segurança das usuárias Android.

A PSafe também ganhou espaço na mídia através de sua gerente de RH Juliana Motta. Ela teve seu texto publicado na revista Melhor – Gestão de Pessoas e deu voz à empresa reiterando a importância da mulher na participação do mercado de trabalho. Além disso, salientou que a empresa conta com 43 mulheres em seu quadro de funcionários (36% do total) e acredita que a participação feminina em empresas tecnologias é essencial pra seu sucesso.

De forma geral, a cartilha divulgada pela PSafe foi um sucesso em seus canais (Blog, Facebook, LinkedIn, Instagram e Twitter). Segundo a ONG SafetNet, o vazamento de fotos íntimas cresceu 120% em um ano no Brasil e as mulheres representam 81% das vítimas. Com sete dicas simples e fáceis de entender, é possível saber exatamente o que fazer caso alguém abuse da sua privacidade digital.