rp_tipos-de-computador_2015-01-29-18-25-48.jpg

Qual computador comprar?

Conheça os diferentes tipos de PCs para escolher sua próxima compra

Quer comprar um computador e está na dúvida sobre qual lhe será mais útil? Essa é uma dúvida comum, especialmente se você não tiver decidido para que fim precisa de uma máquina. Se você fizer uma pesquisa na internet ou visitar lojas físicas para comparar preços de PCs, irá observar a grande variedade de marcas, acessórios e diferenças até absurdas nos valores de produtos com configurações bem parecidas.

Veja também: Como transformar seu tablete em computador.

Isso porque alguns PCs possuem peças com qualidade superior, tornando seu valor final muito maior que produtos que aparentemente possuem o mesmo nível técnico. Antes de fazer qualquer pesquisa, escolha que tipo de equipamento você irá comprar: computador de mesa, notebook, netbook ou ultrabook? A escolha vai depender do que você quer fazer: jogos de última geração, apenas navegar na internet, trabalho que exige placas potentes etc.

Computador de mesa – Os computadores de mesa podem ser comprados completos e já montados, com uma configuração específica. Sua grande vantagem, contudo, é que você pode montá-lo à sua maneira. Se for para jogar games potentes, o investimento maior deve ser na placa de vídeo e na memória. Mas, se você quiser usar o PC apenas para navegação básica na internet, as configurações mais simples já são suficientes.

Outra vantagem é que as peças podem ser facilmente trocadas quando apresentam defeito ou quando se deseja potencializar ainda mais o equipamento, fato que já fica dificultado quando o assunto é notebook e seus sucessores.

A desvantagem básica de um desktop é a locomoção. Precisam de um espaço fixo, pois podem ter monitores enormes, do tamanho de televisores. Toda mudança de local demanda esforço. Por isso, não é indicado para quem precisa carregar o computador para todo lado.

Notebook – Esse é ideal para quem quer levar o aparelho para qualquer lugar. O notebook foi o primeiro computador portátil a se popularizar. Por isso mesmo, é o que tem mais variedades, tanto de marcas quanto de configurações, e oferecem um custo/benefício muito satisfatório se você souber escolher um bom produto. A desvantagem é que, dependendo do equipamento, o notebook pode ser um pouco pesado e grande para um computador portátil, e os modelos mais leves e práticos são mais caros.

Os notebooks com configurações mais simples, voltados para atividades do dia a dia, como produzir textos, ouvir músicas e acessar a internet, podem custar até menos de R$ 1 mil. Já aparelhos mais potentes, com configurações similares a ultrabooks, podem custar entre R$ 2 mil (como o Asus X450LC) até mais de R$ 16 mil (MacBook Pro).

Ultrabook – O aparelho é para quem busca alto desempenho, sem precisar de uma máquina muito grande e pesada. Os preços, porém, não são atrativos no Brasil. Modelos mais simples, como o Lenovo IdeaPad Flex 14, podem custar R$ 1,9 mil. Já ultrabooks com configurações mais potentes chegam a custar por volta de R$ 3 mil. Mas, se você trabalha regularmente no computador e depende de um equipamento de qualidade, é uma boa saída.

Ele é recomendado, principalmente, para profissionais com atividades intensas, como designers, desenvolvedores, produtores de vídeo, gammers e todos aqueles que precisam de configurações extremamente potentes e que exigem muito da máquina. Ela deve ter grande capacidade de armazenamento e processamento de dados.

Netbook – Ele é bem menor que um notebook, com display medindo de 7 a 10 polegadas. Visto que a tela é pequena, os netbooks são utilizados para tarefas muito simples, como acessar a internet ou trabalhar em programas básicos. Eles não têm leitor nem gravador de CD/DVD.

Os netbooks possuem configurações mais modestas. Portanto, é um modelo mais indicado para quem utiliza somente o pacote Office, navega na internet, enfim, realiza atividades simples; para isso, aparelho é capaz de suprir as demandas. Por ser leve, ele é ideal para se carregar em mochilas e bolsas sem muito incômodo.

Hoje em dia os netbooks estão perdendo muito espaço para tablets, que são ainda mais práticos e exercem as mesmas funções. Entretanto, ainda sobrevivem graças ao preço muito inferior aos outros modelos do mercado. Modelos mais simples, com pouca memória RAM e HDs menos espaçosos e potentes custam a partir de R$ 400 (Netbook Positivo Mobo); modelos mais avançados, com memórias RAM de 4GB e HDs com grande capacidade – como, por exemplo, 320GB – custam mais caro, na faixa de R$ 800 a R$ 1 mil.