tablet-tela-dobravel

Quando os tablets com tela dobrável chegarão ao mercado?

Já pensou ter um dispositivo que fosse flexível a ponto de caber no bolso? Entenda o quão próximo estamos de um tablet com tela dobrável!

Nos últimos anos, não param de aparecer informações e promessas de avanços na tecnologia para revolucionar as nossas vidas. Mas, recentemente, uma delas voltou a ter destaque na imprensa mundial por conta das especulações sobre sua chegada: afinal, quando conheceremos as tão prometidas telas dobráveis?

Em 2013, a Samsung – principal empresa envolvida nessa área – prometeu na CES 2013 (Consumer Eletronics Show) que até o final de 2015 mostraria ao mundo seu primeiro dispositivo com tela flexível. O tempo passou, e a realidade agora é outra. Após alguns problemas comerciais com seus aparelhos de tela curva, a empresa sul-coreana não conseguiu apresentar avanços significativos nessa questão. Pelo menos até agora.

Segundo alguns rumores do site estrangeiro SamMobile, conhecido por vazar informações reveladoras sobre a Samsung, a empresa estaria trabalhando em um projeto secreto chamado “Project Valley” ou “Project V”. De acordo com o site, o objetivo desse projeto seria construir e aperfeiçoar um dispositivo com tela dobrável. O “V” seria uma alusão ao ângulo criado entre duas partes de uma tela quando dobrada, bem parecido com o conceito sugerido em 2013:

Caso isso seja verdade, já teríamos disponível em algum momento de 2016 a tecnologia necessária para construir esses novos aparelhos – que seriam tablet e smartphone ao mesmo tempo. Tudo isso porque, a partir do momento em que a tela pode ser dobrada, ficam de lado as limitações de tamanho apresentadas tanto pelo tablet (grande demais para carregar no bolso) quanto pelo smartphone (pequeno demais para algumas atividades). O conceito desses dispositivos poderia, assim, finalmente se misturar e facilitar a vida dos usuários dos dois aparelhos.

Enquanto isso, outra gigante do ramo da tecnologia pode estar muito próxima de alcançar a meta da Samsung. Apesar de não ter focado especificamente em dispositivos móveis, a LG revelou no começo deste mês a LG Display, uma tela de 18 polegadas que poderia ser enrolada em um “tubinho” de apenas 6 cm de diâmetro. A novidade surgiu em um evento específico para desenvolvedores de telas de televisão. Por isso, as chances da empresa aplicar isso em tablets é remota – já que esses dispositivos são muitos mais complexos e exigem mais componentes do que os aparelhos de TV comercializados hoje.

De qualquer forma, a hora em que poderemos tirar um tablet do nosso bolso e desdobrá-lo em qualquer lugar pode estar próxima. Ainda estamos longe daquele futuro prometido em que nossos dispositivos tenham quase as mesmas características do papel, mas já dá para ficar animado com as novidades que estão por vir no próximo ano. No que você apostaria? Deixe sua opinião nos comentários!