rp_ransomware_2014-05-14.gif

Veja o que é um Ransomware, um tipo de malware muito perigoso

Existem ameaças virtuais muito perigosas, uma delas é o Ransomware, que podem capturar suas informações até por SMS. Veja mais e aprenda a se cuidar.

Ransomware são códigos maliciosos que sequestram arquivos ou todo o sistema da vítima por meio de técnicas de criptografia. Após o “sequestro”, o malware exibe mensagens exigindo o depósito de uma determinada quantia em dinheiro, ou a compra de um determinado produto, prometendo o envio de uma senha que irá liberar os arquivos. Porém, mesmo após o pagamento, a vítima não recebe senha alguma.

Em geral, malwares desse tipo são financiados por empresas maliciosas – as mesmas que contratam “spammers”, por exemplo.

O trojan russo SMSlock é um exemplo de Ransonware. Descoberto em 2009, ele bloqueava totalmente o sistema, exigindo o envio de um SMS para um determinado número, que enviaria de volta um código para desbloquear o computador. Através da conta telefônica, o cracker recebia o pagamento feito pela vítima que enviou o SMS.

trojan russo SMSlock é um Ransonware

É uma das ameaças virtuais mais perigosas. Dados da Symantec de novembro de 2012 mostravam o aumento das incidências e o volume movimentado por cibercriminosos com Ransomwares, aproximadamente R$ 10 milhões. O malware foi desenvolvido na Rússia e acredita-se que todas as suas variações tenham sido criadas pelo mesmo cracker, que teria distribuído a família do malware a outros criminosos.

Exemplos de Ransomware

– Arhiveus-A: compacta arquivos no micro da vítima num pacote criptografado e exige a realização de compras online para informar a senha de acesso aos documentos. Trata-se de um golpe, pois a vítima irá pagar uma quantia, mas, ao fim, não receberá nenhuma senha.

CryptoLocker

A melhor forma de prevenir-se ainda é instalar em computadores pacotes de segurança, com antivírus, e fazer backup dos arquivos importantes em outros gadgets.

Veja o dicionário de vírus completo.