rp_Android-root_2014-05-20.jpg

O que é o Root no Android, como ele funciona e para que serve

Entenda o que é o Root no Android, o que essa prática desencadeia e quais os riscos que seu celular corre com essa prática.

Root não é um termo estranho para quem já está familiarizado com o ambiente do sistema operacional Linux. Acontece que o Android é um sistema operacional baseado no núcleo do Linux, um OS de código livre que permite sua edição, modificação e distribuição. O sistema gratuito já foi muito difundido anos atrás durante o processo de inclusão digital que o Brasil e tantos outros países subdesenvolvidos passaram.

O que é a prática do Root?

Root é um processo que torna o proprietário do aparelho um super administrador do sistema. Isso permite ao dono do Android alguns privilégios, além de desbloquear a edição do código base. O root é disseminado por usuários avançados com o objetivo de aumentar o processamento do celular, alterar o consumo de bateria e deletar aplicativos que já vieram instalados pelo sistema e/ou operadora.

Por que existem as limitações ao usuário?

As limitações programadas pela plataforma visam, principalmente, a segurança do usuário. Para funcionar do modo que conhecemos, o Android utiliza-se de uma máquina virtual, responsável por executar aplicativos e serviços dentro do sistema. O que acontece é que a máquina não atinge certas camadas da aplicação, de modo a não interferir de forma fatal no sistema.

Assim, os apps não têm a permissão de agir como administradores do sistema, o que passa a ser possível somente após a realização do root.

A função vem habilitada para que um usuário mais leigo não seja capaz de deletar um arquivo importante ou que o dispositivo não seja invadindo por um vírus capaz de não só roubar todos os dados, como inutilizar o aparelho.

O root é uma prática condenável?

Sim. Primeiro pela parte do fabricante, já que qualquer meio de violação ao sistema operacional presente no aparelho anula sua garantia e suporte, sem contar que o root deixa os seus arquivos expostos, o que pode causar a morte do smartphone e uma série de erros que podem inutilizar funções básicas como acessar a internet e enviar SMS.

O root é algo que deve ser limitado ao universo de programadores e desenvolvedores, que precisam testar todas as funcionalidades de seus experimentos e permissões do mesmo, por isso, é sempre bom deixar esse tipo de hack para os profissionais do mercado.