Saiba como fazer o WhatsApp funcionar durante a proibição

Aplicativos e extensões VPN funcionam como ponte que pode driblar proibição e devolver acesso ao WhatsApp de maneira fácil e rápida.

O aplicativo queridinho dos brasileiros, usado por mais de 93% das pessoas com smartphones no país, está de castigo. Por ordem judicial relacionada a um processo que corre em segredo de justiça, o WhatsApp ficará fora do ar até o último minuto de sexta-feira, 18.

Tanto o aplicativo quanto a versão web, acessada pelo web.whatsapp.com, estão bloqueados no Brasil. Quem não quer apelar para uma alternativa como o Viber ou o Telegram, que têm recebido muitos usuários nas últimas horas, pode baixar qualquer aplicativo de VPN gratuito para driblar a proibição. O VPN é como uma ponte que conecta o seu dispositivo a uma rede estrangeira, ou seja, livre dos impedimentos impostos pela justiça.

Em tese, quem administra a rede VPN pode ter acesso a dados particulares do seu dispositivo, então é bom usar essa alternativa com cautela. No mínimo, na hora de escolher o aplicativo no Google Play ou na App Store, é bom baixar um que seja popular e tenha boas avaliações.

PSafe Total permite avaliar segurança de apps

Quem tem um smartphone Android pode ficar mais tranquilo: a verificação de segurança automática do PSafe Total avalia a segurança de qualquer aplicativo baixado e alerta o usuário caso haja riscos, podendo removê-lo no ato. Mas fique ligado: ainda é preciso ser cuidadoso com a VPN, afinal, ela é administrada por terceiros.

Está na dúvida? O TechTudo preparou um tutorial completo com dicas de como usar o VPN tanto no celular quanto no computador.

Ter paciência ou usar um app alternativo?

Há quem encare a proibição ao WhatsApp como uma boa pausa no ritmo frenético de troca de mensagens e não queira nem saber de alternativa. Porém, se você não pode ficar incomunicável, vale baixar apps como Viber e Telegram, que receberam muitos usuários nas últimas horas. É só acertar a melhor opção entre os seus amigos e voltar a papear.