samsung_smartphones

Samsung fora do mercado de smartphones?

Analista de tecnologia aposta que a fabricante sul-coreana, hoje líder na venda de smartphones, deve perder espaço nos próximos anos.

Às vezes, o mercado de tecnologia pode ser imprevisível. Quem diria, por exemplo, que a finlandesa Nokia, que por algum tempo foi sinônimo de qualidade e inovação, iria sucumbir à guerra das gigantes do universo tech?

Ben Bajarin, um analista do Vale do Silício que pesquisa o mercado de consumo de tecnologia, defende uma ideia à qual pouca gente ousa dar algum crédito, hoje. Segundo ele, a sul-coreana Samsung, líder mundial na fabricação de smartphones, deve deixar esse segmento de mercado nos próximos cinco anos.

Concorrência acirrada

A opinião é polêmica, mas Ben tenta justificá-la dizendo que a fabricante deve ter dificuldades para enfrentar o que chama de “dilema da inovação”. Basicamente, a ideia é que a Samsung não deve resistir à concorrência crescente de marcas que, apesar de menores, oferecem produtos muito parecidos por preços bastante inferiores.

Para o analista, a situação se agrava porque, diferentemente do iPhone, da Apple, que roda com um sistema operacional exclusivo, os aparelhos da Samsung dependem de um sistema que é compartilhado por grande parte das suas concorrentes.

Por outro lado, a exclusividade do iOS faz com que a Apple não enfrente uma concorrência tão forte quanto a que existe entre fabricantes de telefones Android.

Há quem discorde

Matthew Benson, colunista do Android Authority, publicou uma resposta às declarações de Ben em que deixa claro que discorda fortemente das suas previsões. Para Matthew, o fato de a Samsung se dedicar a produtos high-end não representa risco, já que os números da Apple, que também pratica preços acima da média, mostram que existe, sim, mercado para telefones premium.

Além disso, Matthew acredita que a Samsung tem força e capacidade de inovação suficientes para bater de frente com concorrentes menores que venham a se beneficiar com uma política de preços mais agressiva.

E você, o que acha?