São Paulo registra maior número de ataques cibernéticos do país em janeiro

São Paulo registra o maior número de ataques cibernéticos do país em janeiro

Estado concentrou 26% das ameaças digitais contra smartphones Android no primeiro mês do ano

Os hackers estão de olho nos smartphones com sistema Android de São Paulo. É isso que mostra o Mapa de Ameaças Digitais desenvolvido pela PSafe e divulgado neste mês. De acordo com a pesquisa, em janeiro, o estado concentrou uma em cada quatro ameaças de malwares (software malicioso que invade um sistema sem permissão e causa diversos danos, como o roubo de dados) identificadas em todo o Brasil.

Em todo o estado, a PSafe bloqueou 972,4 mil de pragas digitais, o equivalente a 25,9% do total de 3,7 milhões de ataques cibernéticos anulados em janeiro no Brasil. Na relação dos estados mais visados pelos cibercriminosos , o Rio de Janeiro aparece em segundo com 398.204 ataques no mês, seguido por Minas Gerais, com 398.204. Depois do Sudeste, portanto, a região Nordeste aparece em segundo lugar na lista de ataques, totalizando mais de 1 milhão de malwares bloqueados, bem a frente do Sul, Centro-Oeste e Norte.

Mapeamento mostra alvos de ataques cibernéticos no país
Mapeamento mostra alvos de ataques cibernéticos no país

Cavalo de Tróia é tipo de vírus mais recorrente
O mapeamento também mostrou que o Cavalo de Tróia ou Trojan, foi o principal vírus detectado em janeiro. Ao todo, foram bloqueados mais de 1,8 milhões de trojans, seguido de pouco mais de 1 milhão de propagandas maliciosas (adwares).

O Cavalo de Tróia é a porta de entrada para agentes maliciosos ainda piores. Esse tipo de malware – que pode surgir em forma de arquivos de música, mensagens de e-mail e sites – fica escondido enquanto baixa e instala ameaças mais robustas. Se não identificado com rapidez, pode roubar informações do seu sistema, vigiar sua digitação, roubar suas senhas e até conseguir acesso remoto ao computador.

Como se proteger
Os dados do Mapa de Ameaças Digitais do Brasil foram coletados a partir das tentativas de ataques barradas pelo aplicativo PSafe TOTAL, que é um assistente virtual de segurança e performance desenvolvido justamente para proteger e evitar tais ataques maliciosos a smartphones com sistema operacional Android.

Leia também: Como escolher o melhor antivírus

Ao todo, o app possui mais de 75 milhões de downloads e 25 milhões de usuários ativos e você pode encontrá-lo gratuitamente na Google Play.