rp_smartphone-espionado_2015-01-15-17-56-50.jpg

Seu smartphone pode estar sendo espionado

Pode ser uma tarefa ingrata se proteger de um inimigo invisível, mas neste post te damos algumas dicas.

Os smartphones são hoje como extensões de nossas vidas. Lá guardamos dados importantes e muitas vezes confidenciais. Por isso, não é novidade que essas informações possam interessar a muita gente. E não estamos falando apenas dos hackers.

Apps utilizados para monitorar crianças podem ser usados para espionagem. Esse tipo de spyware pode ser facilmente encontrado nas lojas oficiais de aplicativos — e muitas vezes são úteis para pais preocupados —, mas são os de app stores alternativas que causam maior preocupação.

O problema é que esses aplicativos podem ser instalados sem o consentimento do dono do smartphone, e quase sempre são imperceptíveis. Isto ocorre justamente por conta de eles não constarem na lista de aplicativos baixados nas lojas oficiais. Em alguns casos, o ícone do app espião também não fica visível no aparelho.

Como eles são instalados

Uma das formas que os aplicativos espiões podem ser instalados é utilizando a tática de phishing. Quando o dono do smartphone clica em um determinado link é redirecionado a uma loja de app falsa, idêntica a oficial, e orientado a baixar um aplicativo aparentemente inofensivo.

Outra forma é quando o smartphone fica sob posse de outra pessoa e ela instala intencionalmente o spyware.

Como eles funcionam

Quando instalados, esses aplicativos monitoram tudo, de ligações a dados do GPS dos smartphones, histórico de navegação até mesmo fotografias e vídeos. Em aparelhos que contam com Jailbreak (iOS) ou ROOT (Android) podem ainda ter acesso a mensagens do WhatsApp, Viber e Skype. 

Essas informações são enviadas a um servidor e ficam disponíveis para serem acessadas por quem comprou o aplicativo, ou seja, o espião.

Como se proteger

Pode ser uma tarefa ingrata se proteger de um inimigo invisível, já que a olho nu esses aplicativos não são tão fáceis de detectar. Por isso, é importante manter algumas rotinas de segurança.

– Instale um bom antivírus para smartphones: o PSafe Total, além de proteger o aparelho contra spywares, possui a função cofre, que bloqueia o acesso a qualquer aplicativo mediante uma senha adicional.

– Evite clicar em links desconhecidos: essa dica você já está careca de saber, mas não custa nada reforçar. Desconfie de links enviados por e-mail, até mesmo por amigos e pessoas da família, ainda mais se forem de encurtadores, como o bit.ly e o migre.me.

– Não empreste seu smartphone: deixar o aparelho com o amigo ou com a namorado(a) pode ser um problema. Por isso, nunca o perca de vista.

– Senha: mantenha os dispositivos de segurança do próprio aparelho ativos. E não esqueça: escolha sempre senhas fortes, mesclando letras, números e caracteres especiais.

– Hard Reset: se desconfiar que esteja sendo espionado, pode ser a hora de restaurar o aparelho para as configurações de fábrica.

Alguns aplicativos espiões

MSpy, Flexispy, StealthGenie, iKeyMonitor, SpyBubble, TopSpyApp, Mobistealth, Topspy, Eblaster Mobile, Highster Mobile, Spyera, Spy Phonetap.