rp_smartthings_2014-12-16-16-12-41.jpg

Torne sua casa inteligente com a Internet das Coisas

Facilite sua vida e veja como transformar sua casa em um ambiente mais inteligente e automatizado.

 

Já se foi o tempo em que desfrutar da internet significava apenas sentar na frente do computador e navegar pela rede. Até mesmo o acesso à web por meio de smartphones e tablets se tornou apenas mais uma extensão do significado de estar conectado. Cada vez mais uma gama de objetos é capaz de acessar a rede para exercer alguma função. É com essa tendência que nasceu o termo Internet das Coisas, e, ao que tudo indica, cada vez mais itens do nosso dia a dia vão ganhar o prefixo smart.

Então, que tal deixar a sua casa totalmente conectada, inteligente, e obedecendo a seus comandos, mesmo de longe? Apresentamos aqui alguns itens que vão fazer qualquer outra residência parecer um local de um passado distante.

O controle total da casa em suas mãos

Imagine controlar remotamente algumas situações de sua casa, bem como aprender hábitos dos moradores e convenientemente manter seu lar seguro, especialmente quando você não está em casa. A empresa SmartThings lançou o aparelho SmartThings Hub, que permite o controle dos detectores de movimento, dos sensores de umidade e muito mais, tudo para garantir que sua casa esteja 100% segura. Para isso, basta que o usuário plugue o máximo de sensores em sua casa. O produto deve chegar ao Brasil em breve. Nos Estados Unidos, ele é vendido a US$ 99. Veja no site da empresa como funciona o sistema. 

Pelo aplicativo feito para Android, iOS e Windows Phone é possível receber notificações sempre que pessoas (principalmente intrusos), animais ou carros chegarem ou forem embora. Dá para saber quando uma porta ou janela foi aberta ou fechada ou quando algo foi movido de lugar. O controle das luzes acesas ou apagadas é total e ele é capaz de determinar quando elas devem ser ligadas ou apagadas e o nível de luminosidade.

O controle de temperatura da residência também pode ser ajustado e os dispositivos desligados, para economizar energia ou evitar um acidente. E em se tratando de eletricidade, também é possível monitorar o consumo de energia da casa. 

Termostato se adapta a seus costumes

Nest é um termostato que se autoprograma conforme vai aprendendo o comportamento e as preferências de temperatura de cada usuário, e automaticamente se desliga quando você não está em casa, ajudando a economizar energia. Você pode controlá-lo remotamente pelo smartphone.

A ideia do aparelho é deixar o ambiente na temperatura correta quando o usuário se encontra no local para evitar o gasto desnecessário de energia durante o dia, além, claro, de fornecer todo esse conforto do clima ideal.

O termostato é integrado a um app para Android e iOS que permite ao usuário ajustar os níveis de temperatura do ambiente via internet, antes mesmo de chegar em casa. Isso sem contar os recursos inteligentes do dispositivo, como a função que “aprende” o comportamento do usuário por alguns dias para fazer ajustes automáticos. Confira o vídeo e veja a funcionalidade do produto. 

Sua chave sempre com você

Chegar em casa e perceber que esqueceu a chave em algum lugar é uma das situações mais desagradáveis que podem acontecer. Esse incidente tão comum está prestes a virar coisa do passado com a fechadura inteligente OKIDOKEYS. Lançadas em 2014, as trancas high-tech podem ser inseridas em qualquer porta de madeira ou aço e são dotadas de conexão NFC e Bluetooth 4.0.

Usando um smartphone Android ou iOS, você pode abrir ou fechar sua porta remotamente a partir de um aplicativo oficial que é disponibilizado gratuitamente pela companhia. Caso queira, o usuário também pode configurar sua fechadura OKIDOKEYS para destrancar a entrada de sua casa automaticamente assim que ele (ou outra pessoa autorizada) se aproximar da residência.

E tem mais: caso o usuário não possua um smartphone com NFC e Bluetooth 4.0, é possível adquirir um hardware adicional que permite o acionamento da fechadura por tags metálicas, pulseiras especiais ou cartões de radiofrequência. 

Já é possível comprar o produto no site oficial da empresa. O kit básico custa US$ 179, enquanto o mais completo (com hardwares adicionais, dez tags metálicas e um relógio com RFID) sai por US$ 229. O frete para o Brasil custa US$ 15 e o envio demora cerca de dois meses. Veja o vídeo da ferramenta

Uma força na cozinha

A Crock-pot é uma panela inteligente que pode ser controlada remotamente. O nome usado faz referência a todo tipo de panela elétrica, em especial as panelas de Slow-cooker. Não confunda Slow-cooker com Slow food. Enquanto o primeiro é uma técnica culinária, o segundo termo diz respeito a um movimento surgido no final da década de 80 com o objetivo de valorizar o alimento.

Trata-se de uma panela elétrica com um recipiente de cerâmica em seu interior. Ela ganhou muita popularidade por uma simples necessidade da época: o tempo. Ela cozinha o alimento de maneira mais lenta, tempo suficiente parra você chegar do trabalho e encontrar a comida pronta. 

Com seu sistema Wi-Fi integrado, a Crock-pot se conecta a um app Wemo para que você possa controlá-la remotamente de acordo com a sua programação. Dá para adaptar os horários e, caso você vá chegar mais cedo em casa, é possível acelerar o cozimento. O produto é vendido no site da Amazon por US$ 174. 

Conecte toda a casa

Impulsionada por esse movimento, a empresa americana LittleBits criou o CloudBit. O produto possui módulos eletrônicos capazes de se conectar a objetos para ligá-los tanto à internet e a outros equipamentos. Enquanto módulos eletrônicos já existentes como o Arduino ou o Raspberry Pi exigem conhecimentos em programação e eletrônica, o CloudBit se conecta com outras peças de uma maneira descomplicada e ainda interage com smartphones.

A proposta é fazer qualquer pessoa ser capaz de modificar o ambiente ao seu redor. Há ainda o Smart Home Kit, uma coleção de peças para expandir a internet das coisas para todo o ambiente de casa. As possibilidades são infinitas: sistemas que alimentam o animal de estimação com um clique, controlam o abajur pelo celular ou programam a geladeira por tablet. A empresa também criou um canal no YouTube explorando os diversos caminhos tecnológicos que o kit proporciona. 

Além da tendência da Internet das Coisas, os produtos da LittleBits também vão ao encontro do movimento do Do It Yourself (faça você mesmo) e da crescente demanda por customização de produtos. Com suas peças eletrônicas, um usuário é capaz de experimentar e criar soluções que se adequem ao seu contexto.

O CloudBit custa US$ 59 por módulo. Por um tempo limitado, você também pode comprar um Cloud Starter Bundle por US$ 99, que inclui um módulo CloudBit e outras peças básicas para que você possa começar a criar de tudo imediatamente. É possível encomendar tudo no site da LittleBits. O frete para o Brasil sai em torno de US$ 44.