usb-c-como-funciona

USB-C poderá transferir dados e corrente elétrica entre dispositivos

Tecnologia lançada há pouco no novo MacBook, o USB-C irá ser mais rápido e capaz até de carregar um computador a partir de um celular!

Na última semana, um vídeo do Oneplus 2 (novo smartphone da empresa Oneplus) carregando a bateria de um MacBook ganhou bastante destaque na internet. Isso porque, graças ao novo conector USB-C, agora será possível carregar outros aparelhos a partir do nosso próprio celular! A tecnologia irá chegar aos poucos, à medida que os produtos se renovam, mas ela já possui várias vantagens para deixar os entusiastas de tecnologia superanimados.

O USB-C é uma atualização dos tradicionais conectores USB, comuns na maioria dos dispositivos. Ele se diferencia por ser do tipo “C” e possuir outras funções além da transferência de dados: é possível compartilhar internet entre dispositivos, sinal de vídeo e até corrente elétrica. Como no vídeo divulgado, essa versatilidade do conector poderá fazer com que você utilize seu próprio celular para carregar um notebook ou vice-versa.

Mas não é só isso que o USB-C fará por você no futuro. Com uma taxa de transferência de dados de 10 Gbps (o dobro da atual velocidade do USB), ele tornará a troca de arquivos muito mais rápida. Para se ter uma ideia, isso é velocidade suficiente para transmitir um filme com alta resolução em menos de um segundo. Outra novidade significativa em relação às versões anteriores é a praticidade: o USB-C é reversível, portanto, não importa em que direção você conectá-lo, ele sempre vai encaixar.

No caso do novo MacBook da Apple, ele possui apenas a entrada para fones de ouvido e o conector USB-C, dispensando todas as outras utilizadas para recarga de bateria, cabos HDMI/VGA e modelos antigos de USB. Isso resume muito bem a abrangência de funções que o USB-C terá. Aos poucos, as empresas começarão a lançar seus produtos com essa novidade (Nokia e Sandiski já começaram, por exemplo) e logo poderemos vê-la popularizada nos dispositivos.

O que achou do USB-C? É realmente melhor centralizar todas as funções em uma entrada só? Deixe sua opinião nos comentários!