rp_codigo-barras_2014-05-23.jpg

Vírus altera código de barras e desvia dinheiro de pagamento

Aprenda a se proteger do vírus que altera o codigo de barras para roubar suas informações bancárias e fazer você perder dinheiro.

A Delegacia Especializada na Repressão de Crimes de Alta Tecnologia (Decart) analisa ao menos dez inquéritos que tratam de fraudes realizadas por cibercriminosos com a alteração do número dos boletos bancários. O número de leitura é diferente do real e é usado para desviar o pagamento.

A ação do vírus já causou problemas a clientes de faculdades, planos de saúde, portadores de cartões de crédito e, também, a estas instituições. Para o usuário é uma dor de cabeça, que muitas vezes precisa recorrer à justiça para cessar a cobrança, e para a empresa representa prejuízo financeiro, já que não consegue recuperar o valor desviado.

Uma forma de prevenção é conferir sempre o código gerado junto à empresa emissora do boleto e também ficar atento à leitura deste código por infravermelho, certificando-se de que o número que aparece no boleto é o mesmo lido pelo caixa eletrônico ou celular.