rp_vulnerabilidade-da-adobe-expoe-informacoes-de-38-milhoes-de-usuarios_2013-11-04.jpg

Vulnerabilidade da Adobe expõe informações de 38 milhões de usuários

Um comunicado emitido pela Adobe trouxe a informação de que vulnerabilidades internas da empresa causaram a exposição de informações de 38 milhões de usuários dos produtos Adobe. O […]

Um comunicado emitido pela Adobe trouxe a informação de que vulnerabilidades internas da empresa causaram a exposição de informações de 38 milhões de usuários dos produtos Adobe. O ataque aconteceu no início de outubro e, logo depois, a Adobe admitiu que tinham sido expostos os dados de 2,9 milhões de clientes. Em novo informe, os representantes da empresa afirmaram que a análise do ataque apontou para uma divulgação de dados maior do que a imaginada. Este número ainda pode aumentar, já que o relatório não foi finalizado.

Informações do jornal New York Times dão conta de que o total de usuários afetados chega a 38 milhões porque estão incluídos os nomes de login e senhas cifradas não válidas ou expiradas. As senhas dos outros usuários afetados já foram alteradas para manter a segurança.

Todas as informações estavam relacionadas aos programas Photoshop, Acrobat, ColdFusion Builder e ColdFusion. Os hackers têm interesse especial nestas senhas porque elas chegam a custar 20 dólares (cerca de R$ 44,00) no chamado mercado negro da internet.

Além das senhas, também foram divulgadas informações relativas a cartões de crédito. Estes clientes já foram contatados pela Adobe para serem informados do ataque.