rp_windows-10_2014-12-03-16-28-11.jpg

Windows 10 terá novas ferramentas de segurança

Conheça as novas ferramentas de segurança do windows 10

A Microsoft anunciou novidades de segurança para o seu novo sistema operacional, o Windows 10. As medidas fazem parte do plano da empresa de diminuir o número de ataques e aumentar a dificuldade para os hackers invadirem as máquinas.

O próximo Windows tem uma série de benefícios para os usuários finais e, felizmente, algumas melhorias de segurança na manga também.

Brenden Vaughan, um dos gerentes de pesquisa de ameaças da Webroot, afirmou que a companhia está dando um grande passo para reduzir as ameaças à segurança. “Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft está incluindo uma série de melhorias de segurança que devem tornar o mundo da computação um lugar significativamente mais seguro. Tudo considerado, o Windows 10 tem um futuro muito promissor. Os hackers passarão a ter menos fraquezas a explorar”.

Proteção multifator

Uma das principais ações de segurança será a autenticação multifator. Nele, o usuário poderá escolher entre a autenticação usando senha PIN (Personal Identification Number) ou senha e biometria. Também será possível registrar cada um dos seus dispositivos com estas novas credenciais, ou eles podem se inscrever em um único dispositivo, como um telefone celular, que se tornará sua credencial móvel. O objetivo é dificultar ao máximo a invasão de hackers.

Bloqueio de aplicativos perigosos

É comum navegar por sites e baixar um arquivo que parece ser útil ou que estejamos precisando naquele momento e optamos por instalá-lo. Tal atitude é um grande perigo. O novo Windows irá bloquear as aplicações que não são confiáveis, evitando a entrada de malwares, algo que o antivírus da PSafe já oferece aos usuários. O sistema da Microsoft irá identificar aqueles aplicativos oficiais e que oferecem segurança.

Tudo o que for relacionado ao ambiente de trabalho como, e-mails, conteúdo de sites e apps serão criptografados automaticamente sem a intervenção do usuário. O Windows Phone também se beneficiará desta solução para que os dados possam ser acessados via smartphone.

Dados serão separados

O Windows 10 também contará com a solução de Prevenção contra a Perda de Dados (DLP). Ela separa os dados pessoais dos corporativos e ajuda a proteger o uso da contenção. Não haverá necessidade de o usuário alternar entre os modos, ou aplicativos, para proteger os dados da empresa. Isso quer diz que os usuários podem ajudar a manter os dados seguros sem alterar os seus comportamentos.

As empresas ainda podem direcionar novos conteúdos criados no dispositivo como corporativo de acordo com a sua política. Políticas adicionais também podem permitir que as organizações impeçam que os dados dos documentos corporativos sejam copiados para ambientes não corporativos ou locais externos na internet, como as redes sociais, por exemplo.