Como descobrir um perfil falso no Tinder

Confira dicas para se proteger de golpistas!

O Tinder se tornou um dos apps de relacionamento mais famosos do mundo e o Brasil é um dos países com o maior número de usuários cadastrados na rede social. Contudo, tanto sucesso também chamou a atenção de golpistas, que começaram a criar diversos perfis falsos para enganar os usuários da plataforma.

Esses criminosos são conhecidos como scammers – pessoas que criam perfis falsos em redes sociais com o objetivo de seduzir outros usuários e aplicar golpes financeiros. De acordo com Emilio Simoni, Diretor do dfndr lablaboratório especializado em segurança digital – os apps que mais sofrem com ataques de scammers no Brasil são o Facebook, Instagram e Tinder. De janeiro deste ano até o momento, o dfndr lab já detectou mais de 2 mil perfis falsos apenas no Facebook.

Leia mais: Mulheres são as maiores vítimas de scammers no Brasil

Simoni explica que os scammers agem quase sempre da mesma forma. “Os golpistas procuram algumas características específicas em suas vítimas, sendo a principal o alto poder aquisitivo, já que o objetivo do golpe é extorquir a vítima. Outros alvos comuns de scammers são perfis de pessoas de meia idade e recém-divorciados(as) ou viúvos(as)”, completa.

Como os scammers enganam suas vítimas no Tinder

Scammers procuram qualquer oportunidade para aplicar golpes financeiros nos seus alvos. Por isso, após iniciar o primeiro contato, o criminoso finge o interesse em sua potencial vítima e passa a tentar conquistar sua confiança diariamente.

Após a aproximação, os scammers simulam situações para extorquir dinheiro. Geralmente, as histórias são bem parecidas: o criminoso diz que enviou um suposto presente, mas depois finge que caiu na alfândega e, para liberá-lo, é preciso que a vítima envie uma quantia em dinheiro.

Como descobrir um perfil falso no Tinder

Existem alguns sinais que podem indicar que um perfil que você está se correspondendo é falso. Confira:

1- Para seduzir e enganar suas vítimas, muitos scammers se passam por estrangeiros bem-sucedidos financeiramente, alegando, ainda, terem boas profissões, especialmente a militar.

2- Perfis falsos utilizam a identidade de terceiros indevidamente, copiando e reproduzindo fotos de pessoas atraentes e muito bonitas para atrair a atenção das vítimas. Uma dica é verificar se a foto é falsa em ferramentas de pesquisa de imagem, como o Google.

3- Fique atento aos erros de português. Scammers de fora do Brasil usam programas de tradução e, por isso, as frases ficam sem sentido e com erros de concordância.

4- Se você estiver se relacionando com alguém no Tinder e esta pessoa te pedir dinheiro, seja qual for o motivo, denuncie imediatamente para o site.

Vi um perfil falso no Tinder

O primeiro passo é denunciar o perfil fraudulento na própria plataforma do Tinder. De acordo com o FAQ do site, você deve enviar o nome do perfil falso, fotos, prints de conversas e qualquer outra prova que você tenha.

Vi um perfil falso em outra rede social

No caso de redes sociais como Facebook, Twitter ou Instagram, você pode verificar se um perfil é falso no dfndr lab. Basta copiar o endereço da URL do perfil do qual você desconfia e colar na Análise de Links do site. O resultado sai em poucos segundos.

 

 

 

 

Por último, se você foi vítima de um scammer, registre um Boletim de Ocorrência (B.O.) e procure um advogado.

 

PUBLICIDADE

acelere-seu-android-instale-dfndr-security