Pessoa digitando em computador protegido

Como validar domínio no dfndr enterprise | O guia completo

Neste tutorial, entenda como validar o seu domínio para contar com a proteção do dfndr enterprise contra os vazamentos de dados.

Validar domínio é um dos primeiros passos para ter a proteção do dfndr enterprise contra as principais ameaças virtuais, como vazamentos de dados, phishing e malwares, incluindo ransomwares. A solução atua de forma preventiva e proativa, usando a inteligência artificial para combater ataques cada vez mais sofisticados.

Neste guia, você entenderá tudo sobre o processo, começando com a sua importância, até como fazê-lo. 

Vamos lá! 

Por que validar o domínio?

O primeiro grande benefício em validar o domínio é permitir ao administrador do dfndr enterprise conhecer onde estão e quais são os possíveis pontos de vulnerabilidade. O teste de invasão combina a inteligência artificial com o nosso time de especialistas em cibersegurança para simular ataques em toda a infraestrutura online da empresa, sem afetar o seu funcionamento. 

Isso quer dizer que o teste varre todo o domínio e os subdomínios, com o objetivo de achar e reportar vulnerabilidades. 

Além disso, validar o domínio permite encontrar qualquer vazamento referente a ele. Isso ocorre porque o nosso verificador de vazamentos varre automaticamente a Deep Web, a Dark Web e a Internet Aberta, encontrando dados expostos relacionados ao seu domínio. Por exemplo, um vazamento do email colaborador@empresa.com é identificado, pois faz referência ao site empresa.com. 

Para completar a verificação automática, nossa equipe de especialistas em cibersegurança está infiltrada nessas páginas, encontrando vazamentos também dessa forma. 

Além disso, esse processo é importante para trazer mais segurança, garantindo que você é, de fato, o dono do domínio a ser analisado.

Uma vez que o processo esteja completo, você pode seguir para a próxima etapa que é convidar os colaboradores a baixarem o dfndr enterprise.

Como validar o domínio?

Se você usa alguma ferramenta digital, como o Google Analytics, já deve saber como fazer esse procedimento, pois o princípio é o mesmo. 

Antes de mais nada, você precisa logar no dfndr enterprise para ser direcionado ao dashboard. Lá, você encontra o botão validar. Após clicá-lo, você recebe instruções sobre cada um dos passos a seguir, além dos códigos que você precisará usar, dependendo da sua opção. 

Abaixo, listamos as quatro formas de validar o domínio. Você pode clicar na que faz mais sentido para você: 

  1. Adicionar tag HTML no site
  2. Upload de arquivo HTML
  3. Registro de DNS com tutoriais por provedor
    1. Não sei meu provedor
    2. AWS
    3. Cloudflare
    4. Go Daddy
    5. Google Domain
    6. DHostgator
    7. Hostinger
    8. Locaweb
    9. Registro.br
    10. Wix
    11. WordPress
    12. UOL
    13. DigitalOcean
  4. Solicitando ajuda de alguém da empresa

Adicionar a tag HTML no site

A opção mais simples é adicionar um código HTML entre as tags <head> </head> do seu site. É um passo bem direto, mas que demanda um conhecimento mínimo de HTML ou da plataforma. 

O código está no dashboard do dfndr enterprise, após clicar na opção de uso da tag. Você pode copiá-lo e enviá-lo para a pessoa que gerencia o site da empresa. Lembrando que nesse passo não é preciso ter acesso ao serviço de hospedagem, apenas ao código do site. 

Upload de um arquivo HTML

Outra opção bem simples é fazer o upload de um arquivo em HTML. São necessários apenas os seguintes passos: 

  1. Baixe o arquivo HTML enviado a você no e-mail de boas-vindas ao dfndr enterprise;
  2. Faça o upload do arquivo na pasta raiz do site público;
  3. É importante não fazer nenhuma modificação no arquivo, tanto no seu nome quanto no conteúdo;
  4. Também é essencial manter o arquivo na pasta, mesmo após a verificação, já que pode ser necessário fazê-la novamente. 

Registro de DNS

Caso não consiga fazer nenhuma das anteriores, você pode usar o registro de DNS. Nesse caso, cada cliente recebe um número único no e-mail de boas-vindas ao dfndr enterprise, para inserir no painel de administração do provedor. Primeiramente, vamos começar com um passo a passo mais genérico: 

  1. Copie o código de validação enviado pela nossa equipe no e-mail de boas-vindas ao dfndr enterprise;
  2. Vá ao painel de administração de DNS do provedor;
  3. Procure uma opção “adicionar registros CNAME” ou algo parecido;
  4. No campo “Nome/Alias/CNAME”, digite o código de validação mencionado acima;
  5. No campo “Valor”, escreva enterprise.psafe.com;
  6. Se for possível ajustar o “TTL”, coloque 300;
  7. Salve as alterações;
  8. Retorne ao site do dfndr enterprise e clique em validar;
  9. Fique atento, pois esse processo pode levar algumas horas. 

Tutoriais por provedor

O processo é semelhante em qualquer provedor, porém, se você tiver dúvida de como fazê-lo, separamos tutoriais para cada um dos mais usados no mercado. 

Não sei quem é meu provedor

Primeiramente, se você não conhece o provedor do seu domínio, não tem problema. Essa informação é fácil de ser encontrada. Normalmente, o provedor é onde você comprou o registro, o que significa que pode consultar as faturas referentes a ele. Lá, você deve encontrar a resposta. 

Outra opção é usar a ferramenta lookup.icann.org. Ela foi criada por uma organização sem fins lucrativos que coleta informações de domínios. Para usar, basta acessar o link, digitar o nome do domínio e clicar em “Lookup”. Na seção “Registrar information”, você encontrará o host. 

Agora, é só seguir o tutorial referente a ele. 

AWS

  1. Use o endereço https://console.aws.amazon.com/ses/ para abrir o console da Amazon SES;
  2. Em “AWS Services”, clique na opção “Route 53”. Você também pode encontrar essa opção em “Networking & Content Delivery”;
  3. Clique em “Hosted Zones”, como na imagem abaixo;
  1. Selecione o domínio que você deseja verificar;
  2. Clique em “Go to Record Sets”;
  3. No painel “Create Record Set”, no campo “Name”, insira o código de validação recebido no e-mail de boas vindas ao dfndr enterprise. Esse número também é exibido no dashboard;
  4. No campo “Type” Selecione “CNAME – Canonical Name”;
  1. No campo “Alias” deixe a opção padrão “No”;
  2. No campo “TTL” deixe a opção padrão, ou ajuste para 300, caso esteja aparecendo outro valor;
  3. No campo “Value”, coloque entre aspas “enterprise.psafe.com”;
  4. No campo “Routing Policy”, deixe o padrão;
  5. Clique em “Create”;
  6. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar. 

Cloudflare

  1. Na guia “Home” do Cloudflare, clique no seu nome de domínio;
  2. Na parte superior da página, clique em “DNS”;
  3. Clique em “+Add record” para abrir os campos de registro do DNS;
  4. No campo “Type”, clique em “CNAME”;
  5. No campo “Name”, cole o código de validação que você recebeu no e-mail de boas-vindas ao dfndr enterprise. Ele também consta na seção de validação de domínio do seu dashboard;
  6. No campo “Target”, coloque enterprise.psafe.com;
  7. No campo “TTL”, deixe o valor padrão “Auto”;
  8. Clique em “Proxy status” e defina opção “DNS only”;
  9. Clique em “Save”;
  10. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

Go Daddy

  1. Na página “Meus produtos”, clique em “DNS” ao lado do domínio que você quer verificar;
O botão "DNS" está selecionado.
  1. Na parte inferior da tabela “Registros”, clique em “Add”;
  2. Na lista “Type”, selecione “CNAME”;
  3. No campo “Host”, cole o código de validação para o registro CNAME recebido junto do e-mail de boas vindas do dfndr enterprise. Ele também consta na seção de validação de domínio do seu dashboard;
  4. No campo “Points to” coloque enterprise.psafe.com;
  5. No campo “TTL”, deixe o valor padrão;
  6. Clique em “Salvar”;
  7. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

Google Domain

  1. Abra o Google Domains, clique no domínio que você está configurando e depois clique em “Menu”;
  2. Na coluna à esquerda, selecione “DNS”;
  1. Role até a opção “Custom resource records” ou “Registros de recurso personalizados”;
  2. No campo “@“, insira o subdomínio www;
  3. No campo “A”, clique na seta para baixo e selecione “CNAME”;
  4. Em “TTL”, deixe o valor padrão 1H (1 hora);
  5. No campo “Nome de domínio”, digite enterprise.psafe.com;
  1. Clique em “Add”;
  2. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

DHostgator

  1. No Dashboard, clique em “Launch cPanel”;
  1. Role para baixo até a seção “Domains” e clique em “Advanced Zone Editor”;
  1. Em “Add a Record”, na lista “Type”, selecione “CNAME”;
  2. No campo “Name”, cole o código de validação para o registro CNAME que foi recebido no e-mail de boas vindas ao dfndr enterprise. Você também pode encontrá-lo na seção de validação de domínio do seu dashboard;
  3. O HostGator adicionará o seu nome de domínio ao final do registro;
  4. No campo “TTL”, digite 3600;
  5. No campo “CNAME”, digite enterprise.psafe.com;
  1. Clique em “Add Record” – o novo registro CNAME aparecerá na tabela Zone File Records;
  2. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

Hostinger

  1. Na guia “Domains”, selecione o nome de domínio que você quer verificar;
  2. Na seção “Advanced”, clique em “DNS Zone Editor” para gerenciar os registros;
  3. No editor “DNS Zone”, role para baixo até a seção “CNAME” (Alias) e clique em “Add New”;
  1. No campo “Host”, cole o código de validação para o registro CNAME que foi recebido no e-mail de boas-vindas ao dfndr enterprise. Você também pode encontrá-lo na seção de validação de domínio do seu dashboard;
  2. No campo “Points to” coloque enterprise.psafe.com;
  3. No campo “TTL”, deixe o valor padrão ½ Hour;
  1. Clique em “Save”;
  2. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

Observação: a alteração pode levar até 72 horas para ser atualizada. No entanto, nas próximas etapas, o assistente de configuração detecta imediatamente o novo registro de verificação para validar o seu domínio.

Locaweb

  1. Acesse o painel de hospedagem;
  2. Clique na engrenagem, conforme a imagem, e depois na opção “Zona de DNS”;
  1. Clique no botão “Adicionar entrada”;
  1. Selecione o tipo de entrada desejada e clique em “CNAME”;
  2. No campo “Conteúdo”, digite enterprise.psafe.com;
  1. Clique em “Adicionar entrada”;
  2. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

Atenção! Assim que adicionada, a entrada será apresentada na lista de entradas do DNS. Após isso, basta aguardar a propagação das alterações, o que pode levar de 1 a 3 horas.

Registro.br

  1. Acesse o site do registro.br e clique em “Acessar Conta”;
  1. Na página aberta, clique no nome do domínio que deseja editar;
  2. Agora, clique em “Editar Zona”;

Atenção! Caso você ainda não tenha feito nenhuma edição de Zona de DNS em seu domínio, será preciso clicar no botão “Modo Avançado” e aguardar até 15 minutos para que seja disponibilizada a opção para editar a entrada CNAME.

  1. Clique em “Nova Entrada”;
  2. Adicione www. no primeiro campo, selecione a opção “CNAME” e, ao lado direito, insira enterprise.psafe.com;
  1. Clique em “Adicionar”;
  2. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

Wix

  1. Faça login em sua conta Wix;
  2. Clique em seu nome de usuário no topo direito da página e em “Domínios”;
  3. Clique na seta de expansão ao lado do domínio em questão;
  4. Selecione a aba “Avançado”;
  5. EscolhaASZ “Editar DNS”;
  6. Clique em “Adicionar Outro” ao lado de CNAME (Aliases);
  7. Em “Alias name” adicione www.; 
  8. Em “Points to Host Name” insira enterprise.psafe.com;
  9. Deixe o campo “TTL” na configuração padrão;
  10. Clique em “Salvar”;
  11. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

WordPress

  1. No canto superior esquerdo do site do WordPress, clique em “My Site”;
  2. Role para baixo e clique em “Manage > Domains”;
No painel de navegação esquerdo "Meu site", a opção "Gerenciar" > "Domínios" está selecionada.
  1. Clique no nome de domínio que você quer verificar;
  2. Clique em “Name Servers and DNS”;
  1. Clique em “DNS Records”;
  1. Role até o final da página. Se você receber uma mensagem de aviso sobre a alteração nas configurações do DNS, ignore. A adição de um registro CNAME não prejudicará as configurações do DNS nem do seu site;
  2. Na lista “Type” , selecione “CNAME”;
  3. No campo “Name”, cole o código de validação para o registro CNAME recebido no e-mail de boas-vindas do dfndr enterprise. Você também pode encontrá-lo na seção de validação de domínio do seu dashboard;
  4. No campo “Alias Of”, coloque enterprise.psafe.com;
  1. Clique em “Add New DNS Record”, e seu registro de verificação será adicionado;
  2. Retorne ao site do dfndr enterprise e pressione validar.

UOL

  1. Acesse o painel com os dados da sua conta no site da UOL Host;
  2. Clique em “Domínios” e logo depois em “Administrar”, como destacado na imagem abaixo;
  1. Assim que clicar, verá outras opções. Clique em “Alterar Zona de DNS”;
  1. Neste momento, fica visível o seu domínio. Clique em “Gerenciar”;
  1. Crie as entradas DNS que direcionarão ao seu domínio. Faça da seguinte forma:

Entrada: CNAME

Endereço da loja: www.site.com.br  

Entrada (subdomínio): www  

Tipo: CNAME  

Destino: enterprise.psafe.com

Atenção! Caso o seu domínio não termine em “.com.br” – o destino deverá ser ajustado para .com em vez de .com.br antes do cdn.vtex.com;

  1. Clique em “Configurações > Domínio / Certificado Digital”, no canto superior direito do seu painel;
  1. No campo “Domínio Próprio”, preencha o endereço do seu domínio;
  2. Preenchido e marcado o campo de segurança, é só clicar em “+Adicionar domínio” e pronto, seu domínio já foi vinculado ao seu site.

DigitalOcean

  1. Acesse o painel de controle da sua conta no Digital Ocean;
  2. Clique no botão “Create”, do lado superior direito;
  3. Escolha a opção “Domain/DNS”;
  1. Clique no nome do seu domínio;
  2. Em “Create new record”, escolha a opção “CNAME”;
  3. No campo “Enter hostname”, cole o código de validação que você recebeu no e-mail de boas-vindas ao dfndr enterprise. Você também pode encontrá-lo no dashboard. 
  4. No campo “Is an alias of” deixe “@”;
  5. No campo “Enter TTL”, selecione o valor “3600”;
  6. Clique no botão “Create Record” para finalizar;
  7. Volte ao site do dfndr enterprise e pressione validar. 

Solicitando ajuda de alguém da empresa

Se você não se sente confortável com nenhum dos métodos acima, ou não encontrou um tutorial com o seu provedor, não tem problema. Você pode solicitar ajuda de algum membro da sua empresa. 

Nesse caso, a pessoa escolhida recebe um e-mail e se torna um administrador. Em seguida, ela é direcionada para a página de instruções de como validar o domínio. O e-mail recebido segue o modelo abaixo: 

Caso você tenha ficado com qualquer dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco no e-mail atendimento@psafe.com.

Percebeu como é simples validar o domínio no dfndr enterprise? Agora você já pode aproveitar as vantagens das ferramentas e proteger sua empresa com ciberataques e vazamento de dados. Convide os colaboradores a baixarem o dfndr enterprise