3 maneiras de se proteger no Facebook

Dicas simples que ajudam você a proteger seus dados na rede

Você sabia que, se fosse um país, o Facebook seria a nação mais populosa do mundo? Com quase um bilhão e meio de usuários ativos por mês, a rede social é mais que um mero catálogo de amigos. É um espaço onde muitas vezes deixamos expostos detalhes pessoais, e onde não devemos descuidar da segurança.

Leia mais: Descubra se alguém invadiu seu Facebook

Para ajudar você a encontrar a dose certa de cuidado, que vai permitir aproveitar as vantagens do Facebook sem correr muitos riscos, nós preparamos algumas dicas de segurança que são essenciais para curtir a rede social com mais tranquilidade. Siga estas orientações para evitar problemas com malware, hackers e muito mais.

Guarde suas informações de login

Sim, esta é uma dica básica de segurança digital, mas, acredite, ainda tem muita gente dando mole por aí. Não adianta nada criar uma senha complexa se alguém além de você sa dela. E mais: fique ligado onde você usa o Facebook, afinal, cada telefone ou computador onde você faz login pode representar um risco.

Cuidado com solicitações de amizade

O Facebook leva as pessoas a aceitarem certas solicitações de amizade que nem são lá muito próximas. Numa dessas, você pode deixar passar um usuário fake mal intencionado, e isso pode ter consequências. Se não for uma pessoa pública, que depende desses contatos, prefira manter sua rede restrita a amigos reais. Explore também as funções de privacidade do Face, inclusive limitando, quando necessário, o seu conteúdo a um pequeno grupo de pessoas de confiança.

Cuidado redobrado ao clicar em links

Quando navega pelo Facebook, o endereço que aparece na barra superior do seu browser deve ter, obrigatoriamente, o trecho “facebook.com”. Se você notar alguma variação como “facebook33.tk” ou “facebook1.php”, por exemplo (mas não só essas), dê o fora e faça um scan com o seu antivírus.

Do mesmo jeito, é preciso ter cuidado quando clicar em links externos, que levam a sites de notícias, blogs etc. Veja quem compartilhou, observe os comentários e preste atenção ao endereço, afinal, é assim que muitos golpes acontecem.

E você, quais dicas compartilharia para ajudar as pessoas a navegarem seguras no Facebook?