rp_apps-pessoas-com-deficiência_2015-01-07-17-26-05.jpg

Aplicativos ajudam na inclusão de pessoas com deficiência

Conheça alguns dos aplicativos desenvolvidos especialmente para usuários com deficiências.

As cidades costumam ser um grande desafio para os deficientes. Por isso, toda ajuda extra para os portadores de necessidades especiais é bem-vinda. Alguns aplicativos cumprem essa função e servem como uma válvula de escape para essas pessoas. Confira agora os principais apps com boas avaliações dos usuários, e que já se mostraram muito eficientes.

ProDeaf

Esse aplicativo é muito elogiado. Ele foi desenvolvido para facilitar a comunicação com os deficientes auditivos, já que captura a voz do usuário do smartphone e converte para libras (língua brasileira de sinais), com a exibição na tela do aparelho por meio de um avatar. O aplicativo possui um nível bom de entendimento e de comunicação.

Clapp-in

O aplicativo é perfeito para indicar caminhos para quem possui necessidades especiais. Com o app, é possível encontrar bons lugares acessíveis da cidade. A pesquisa pode ser por espaços planejados para quem possui uma deficiência específica (ex: lugares indicados para pessoas com deficiência auditiva), ou por categorias, como universidades, vida noturna, restaurantes e residências acessíveis. Os usuários ainda podem avaliar cada local, e dizer se merece ou não aplausos.

Tandera Dinheiro

A função desse aplicativo é ajudar deficientes visuais a identificar cédulas de dinheiro, evitando que elas sejam enganadas na hora de receber o troco no ato da compra. O funcionamento é simples: basta posicionar o celular sobre a nota para que o aplicativo verifique o dinheiro com o uso da câmera e diga seu valor.

Hearing Aid

O aplicativo alerta pessoas com deficiência auditiva sobre situações de emergência, como sirenes de ambulâncias, viaturas da polícia e dos bombeiros, alarmes de incêndio e detectores de fumaça. O app processa sons do ambiente e transforma em notificações visuais e vibrações, que duram aproximadamente 20 segundos. É possível também customizar outros alarmes, criando um banco de dados com notificações.

Google TalkBack

O TalkBack é outro aplicativo para pessoas com deficiência visual. Ele permite que o smartphone descreva tudo o que acontece na tela do aparelho, além de ler textos de páginas da internet ou mesmo e-mails, por exemplo. Isso facilita e muito a vida da pessoa na hora da navegação, incluindo-a de vez na grande rede.

DDReader

É um aplicativo de leitura de livros digitais, em formato DAISY 3.0. É compatível com livros somente texto, áudio com navegação, e texto com áudio. Os livros podem ser lidos por voz sintetizada, narração pré-gravada ou somente em texto na tela. Uma camada com seis áreas de toque permite o acesso a todos os comandos e a navegação por frases, capítulos, itens na biblioteca e no índice.

Aramumo

Esse aplicativo foi criado por dois alunos do Instituto Tecnológico da Aeronáutica. Trata-se de um jogo que venceu desafio promovido pelo Instituto ABCD para auxiliar na educação de jovens e crianças com problemas de dislexia e outros distúrbios que afetam a aprendizagem. O sistema se parece com palavras cruzadas. Só que em vez de letras avulsas, o jogador deve utilizar sílabas para formar palavras. Assim, o usuário ouve uma série de palavras e deve encaixar as sílabas que aparecem flutuando na tela dentro de bolhas para formar palavras no tabuleiro virtual.