Brasil registra mais de 4 milhões de ataques cibernéticos em maio

Confira os resultados do Mapa de Ameaças Digitais da PSafe em maio de 2016

O usuário de dispositivos móveis da região sudeste é o principal alvo de cibercriminosos no Brasil, segundo dados do Mapa de Ameaças Digitais, desenvolvido pela PSafe, desenvolvedora do aplicativo DFNDR, somando mais de 2,1 milhões malwares.

O estado de São Paulo foi o que mais registrou ameaças, com três em cada dez ataques cibernéticos ocorridos no país. No Top 5 da lista de estados mais visados por cibercriminosos no mês aparecem, ainda, o Rio de Janeiro, com mais de 490 mil malwares bloqueados, Minas Gerais, com 378 mil ameaças combatidas, Bahia, com 306 mil malwares encontrados e Pernambuco, com mais de 243 mil. 

De acordo com o mapeamento, no mês de maio, foram bloqueados no país mais de 2,8 milhões de trojans, que são uma porta de entrada para uma série de outras ameaças mais sérias à segurança do usuário de dispositivos conectados, seguido de pouco mais de 869 mil propagandas maliciosas (adwares).

Os dados do Mapa de Ameaças Digitais do Brasil foram coletados a partir das tentativas de ataques barradas pelo aplicativo PSafe Total que possui mais de 75 milhões de downloads e 21 milhões de usuários ativos.

Confira o Mapa de Ameaças Digitais de maio de 2016:

info-pt_08_06-01