rp_seguranca-internet_2014-06-10.jpg

Cincos dicas para manter seus dispositivos móveis seguros

Nesse post, você encontra cinco cuidados para proteger o celular, computador e outros dispositivos eletrônicos protegidos de ameaças. Confira.

Com a crescente utilização dos meios eletrônicos no Brasil, para o pagamento de contas e compras online, é preciso saber como proteger o computador e também os dispositivos móveis (notebook, tablet, smartphone, pendrive etc.) de uma infinidade de vírus, aplicativos maliciosos e até de sequestros virtuais.

Acompanhe a seguir as dicas que separamos especialmente para você:

1ª) Escolha um antivírus confiável 

A escolha de um antivírus eficiente e seguro é fundamental para proteger tanto seu computador pessoal como os dispositivos móveis. Uma dica de antivírus de alta qualidade e gratuito é o PSafe.

O PSafe Total para Windows, Mac e Android é um dos mais eficazes programas de performance e rendimento, com antivírus incluído, disponíveis atualmente no mercado. O PSafe também oferece software de bloqueio de pop-ups, o PSafe Internet.

Para o Android, a melhor opção é o PSafe Total, que também oferece otimização de bateria do monitor, um programa antirroubo remoto que você pode ativar no caso de perder seu telefone celular, e automaticamente bloqueiar spam de SMS e chamadas telefônicas.

Além de proteger o seu PC contra qualquer ameaça de vírus, o PSafe Total garante que o equipamento continue rodando rápido, com boa navegação online e com o disco limpo.

Lembre-se de manter sempre o antivírus, o sistema operacional e os programas (especialmente navegadores) atualizados. E atenção: É importante optar por apenas um antivírus. Duas ou mais versões podem gerar conflitos e danificar o seu computador.

2ª) Troque as senhas com regularidade

Manter a mesma senha por muito tempo também é uma atitude arriscada. Especialistas recomendam a troca das senhas a cada três meses para assegurar a segurança das suas informações. Prefira criar senhas fortes com, no mínimo, 14 caracteres que incluam números, símbolos e letras minúsculas e maiúsculas.

3ª) Não abra e-mails com endereços desconhecidos ou títulos estranhos

Não caia na tentação de abrir anexos de e-mails com endereços desconhecidos ou títulos estranhos. Muitos vírus perigosos são anexados a mensagens de e-mails e disseminados assim que o anexo for executado. Delete o e-mail e não esqueça de limpar a lixeira.

4ª) Não digite dados pessoais em redes wi-fi abertas

Utilizar computadores e pontos de conexões públicos é sempre um risco, principalmente para realizar compras online se utilizando de redes wi-fi abertas.

5ª) Certifique-se de que o site é confiável

Antes de inserir informações confidenciais em qualquer site, procure sempre um ícone de cadeado ao lado do endereço (URL) da página para se certificar se a conexão é segura. Em alguns navegadores, o endereço dos sites confiáveis aparece com fundo verde ou ainda com uma pequena chave, sinalizando que a troca de informações é ainda mais segura.

Lojas virtuais com endereço terminado em “br” devem constar no Registro.br. Acesse a página e informe-se se a URL da empresa está registrada no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Esta informação também pode ser obtida através do site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) para verificar a inscrição da empresa e outros dados como data de registro, situação cadastral e endereço fixo.

Há lojas online que perguntam ao cliente se ele deseja arquivar os dados de seu cartão de crédito para compras futuras. Este procedimento não é recomendado, pois caso a loja virtual ou a sua conta bancária seja invadida, desconhecidos poderão seus dados para fazer compras indevidas em seu nome.