rp_smartphone-caiu-agua_2015-01-30-13-15-38.jpg

Como salvar o seu smartphone após ele ter caído na água

Acabou de afogar o seu celular na piscina ou em algum recipiente de água? Fique calmo e confira algumas dicas para tentar resgatá-lo!

Você deixou o seu smartphone cair na piscina, praia ou em algum recipiente cheio de água? Depois do primeiro momento de pânico, pode se sentar e se acalmar, pois ainda há chances de resgatá-lo. Conheça algumas recomendações sobre o que fazer para salvar o seu telefone recém-afogado.

Antes de qualquer outra coisa, remova o dispositivo o mais rapidamente possível da água. Quanto mais tempo ele permanecer lá, mais líquido entrará pelas fendas e aberturas do dispositivo. Agora, com ele em mãos, entenda quais procedimentos você definitivamente deve evitar e nove passos de como proceder nessa situação

O que não fazer de forma alguma!

  1. Não ligue se o dispositivo já estiver desligado e não tente usá-lo de imediato;
  2. Não pressione qualquer botão ou tecla;
  3. Não agite, toque ou bata no telefone;
  4. Também não tente abri-lo sozinho, já que todos os dispositivos contam um indicador de danos que, quando ativado, pode anular a garantia. Há uma grande chance dele ser acionado assim que abrir o telefone. Se for absolutamente necessário desmontá-lo, somente faça isso se você tiver alguma experiência nesse procedimento;
  5. Não tente soprar, pois poderá deslocar água para partes internas que não haviam sido atingidas, causando ainda mais danos ao dispositivo;
  6. Não aplique calor de qualquer tipo por meio de secadores de cabelo ou micro-ondas, por exemplo. Além disso, também não faça o contrário, colocando-o no congelador.

Nove passos para tentar salvar o seu smartphone

  1. Desligue o dispositivo e tente mantê-lo na posição vertical;
  2. Remova o revestimento de proteção, se o dispositivo contar com algum, e tire o microSD e o chip dos seus slots, além da bateria;
  3. Pegue um pano ou toalha de papel para enxugar o dispositivo delicadamente. Com isso, você poderá evitar a propagação do líquido em torno do celular e, consequentemente, a entrada de água para outras partes do smartphone;
  4. Se os danos causados pela água tiverem sido mais intensos, você pode usar um aspirador para sugar com cuidado a água e retirá-la de dentro das rachaduras mais difíceis de alcançar;
  5. Coloque o dispositivo em um saco fechado repleto de arroz cru. Apesar de parecer estranho, o arroz é ótimo para absorver líquidos e é realmente muito utilizado durante a secagem de smartphones e tablets;
  6. Deixe o dispositivo secar por um dia ou dois e use um outro telefone enquanto isso;
  7. Depois de um ou dois dias, você poderá inserir a bateria e tentar ligá-lo. Nesse momento, você deverá verificar se tudo está funcionando normalmente. Tente tocar alguma música para testar as caixas de som e observe se os comandos são acionados ao tocar na tela;
  8. Se o seu telefone não ligar na primeira tentativa, tente carregá-lo na tomada. Ainda não funcionou? Calma, pois há chances de somente a bateria ter sido danificada, sendo necessário apenas substituí-la ou deixá-la secando por mais tempo. Em casos extremos, o telefone pode também ter sofrido algum dano e você deverá levá-lo a uma autorizada para ser verificado por um profissional;
  9. Se o smartphone ligar corretamente e estiver executando como deveria, você ainda deverá ficar atento sobre o desempenho dele nos próximos dias para confirmar se existe qualquer coisa fora do comum.

E você, sabe de outras dicas ou truques para salvar um telefone dos danos causados pela água?