rp_nfc-1_2014-07-07.jpg

Saiba para que serve e o que é o NFC e como ele funciona

O NFC, Near Field Communication, é uma tecnologia utilizada para que dois aparelhos se comuniquem em um espaço pequeno. Saiba mais!

O NFC, Near Field Communication, é uma tecnologia utilizada para que dois aparelhos se comuniquem em um espaço pequeno, algo perto de dois centímetros.

A tecnologia NFC permite diversos tipos de utilização e pode ser facilmente encontrada na maioria dos smartphones com sistema operacional Android. Geralmente, fica instalado na parte traseira do aparelho.

Conheça mais sobre a tecnologia NFC

Entre os meios mais usados estão: o controle de acesso; coleta e troca de informações; cartões de fidelidade e cupons; pagamentos e passes de transportes.

O NFC pode operar de duas maneiras:

  • Modo Ativo – onde os dois aparelhos geram campos de radiofrequência podendo então compartilhar informações entre si;
  • Modo Passivo – onde apenas um dos dispositivos cria o campo, sendo este o leitor e o que não gera o campo o ‘tag’.

As ‘tags’ não precisam ser necessariamente um aparelho. Podem ser também adesivos que possuem antena e pequena capacidade de armazenamento, podendo ser utilizada como adorno do celular, entre outras incorporações.

As ‘tags’ podem ser de diversas marcas e ter dezenas de funções. As NFC tags podem ser configuradas a partir de aplicativos gratuitos disponíveis na Google Play Store.

Selecionamos alguns exemplos práticos para utilização dos ‘tags’. Que tal testar?

  • Colocando um adesivo NFC em casa – você pode configurar a tecnologia para que ao se aproximar do dispositivo sejam feitas alterações no seu aparelho como, por exemplo, ativação e desativação do wi-fi ou bluetooth, por exemplo;
  • Próximo à cama – você pode programar para que as notificações sejam desligadas e o alarme seja ligado, quando for dormir, por exemplo.

No Brasil, o serviço ainda é bastante limitado, mas algumas empresas estão testando o sistema de pagamento via smartphone que pode substituir a presença do cartão no uso das operações de crédito.