rp_internet-filho-hijo-seguro_2014-04-15.jpg

Dicas para os pais cuidarem da segurança dos filhos na Internet

A web oferece inúmeras oportunidades de aprendizagem para as crianças. Os conhecimentos de informática são cada vez mais vitais na sociedade de hoje. Como resultado, proibir totalmente o […]

A web oferece inúmeras oportunidades de aprendizagem para as crianças. Os conhecimentos de informática são cada vez mais vitais na sociedade de hoje. Como resultado, proibir totalmente o acesso dos seus filhos à Internet não é nada prático, mesmo que seja por preocupação com sua segurança. Através da combinação de métodos de cuidados da vida real com software de segurança de Internet, os pais podem ter sucesso na eliminação de possíveis perigos virtuais.

Seguindo as dicas abaixo, os pais podem aproveitar o grande número de oportunidades educacionais que a web pode oferecer aos seus filhos e, ao mesmo tempo, melhorar sua segurança online no celular e no computador:

O local de uso deve ser central

Manter um olhar atento sobre o uso da Internet pelo seu filho pode ser a arma mais eficaz contra os perigos da Internet. Para fazer isso facilmente, coloque o computador da família e determine uso de celulares em um local central, como a sala de jantar ou cozinha. Mantenha-se atento aos registros de histórico de bate-papo, sites com excesso de janelas pop-ups, ou o seu filho clicando freneticamente em várias janelas quando você entra na sala. Esses podem ser sinais de que o seu filho está se comunicando com estranhos ou acessando sites inadequados.

Eduque seus filhos

Os pais devem informar seus filhos sobre os perigos online. Dependendo da criança, talvez seja útil mostrar exemplos dos perigos da infância. Muitas crianças mais velhas serão capazes de entender que existem predadores online e que eles nunca devem se comunicar com estranhos. As crianças mais novas devem ser monitoradas, caso elas não compreendam os perigos ou o conceito de um predador.

Além disso, é útil ensinar dicas de segurança de informações confidenciais em computadores aos seus filhos, tais como sair do computador quando terminar de usá-lo ou nunca compartilhar senhas com ninguém. Em alguns casos, o melhor é manter a senha com você mesmo para que possa monitorar mais facilmente o uso do computador e celular do seu filho.

Proíba os "selfies"

Quando o seu filho publica uma foto pessoal online, eles aumentam o risco de exposição a predadores e golpistas. Definir a regra de que eles não estão autorizados a carregar fotos deles mesmos pode eliminar esse risco. Se o seu filho está insistindo para ter sua foto em um site de rede social como o Facebook, diga para carregarem, em vez disso, a foto de algum passatempo ou celebridade favorita. Mesmo com uma conta privada do Facebook, sua foto de perfil pode chegar ao resto da web.

Baixe e instale um software de segurança

Há muitas opções de software que, juntamente com os cuidados dos pais, podem reduzir drasticamente a probabilidade de exposição dos seus filhos aos perigos online. Além de melhorar o desempenho do seu computador, um software de segurança baseado em navegador, como o PSafe Web, oferece uma gama de recursos que ajuda a proteger as crianças dos perigos online. O bloqueio de anúncios integrado previne contra o excesso de anúncios com temas adultos, ao mesmo tempo em que permite aos pais verificar facilmente o cache do navegador e os arquivos temporários para conhecer o comportamento de seus filhos.

Além dos softwares de segurança, a maioria dos navegadores oferece plug-ins para controle dos pais. Esses plug-ins e ferramentas de controle dos pais fornecem diversas opções úteis. Eles incluem a definição de limites de tempo para uso da Internet pelo seu filho, bloqueio de sites questionáveis e registro de sua atividade. Algumas dessas ferramentas ainda oferecem atualizações móveis, para que você possa verificar o uso da Internet pelo seu filho, mesmo quando estiver longe de casa.

Elimine o spyware

Estes softwares de segurança e ferramentas de controle dos pais também oferecem a possibilidade de prevenir contra o spyware, que tem a capacidade de abrir anúncios ou sites inadequados, mesmo que o seu filho esteja navegando em sites infantis. A instalação e execução de software como o Spybot garantem que o seu computador esteja seguro para uso ao navegar na Internet, supondo que o seu filho continue a visitar sites seguros.

Incentive a resolução de problemas de forma orgânica

Apesar de a Internet ser um recurso fantástico, as crianças ainda devem ser encorajadas a aprender coisas de forma orgânica em certas ocasiões. A Internet não deve se tornar essencial para todo mundo na realização dos trabalhos escolares. Por isso, incentive a resolução de problemas fora de um computador. Isso não só melhora as habilidades de resolução de problemas de forma independente, mas também os mantém longe da Internet e dos seus perigos, pelo menos temporariamente.

Crie marcadores acessíveis de fácil definição

Faça o seu filho se familiarizar com marcadores que você selecionou. Eles devem incluir sites de aprendizagem e educacionais e motores de busca com filtros de segurança. Grande parte dos perigos online é descoberta quando se navega na web, ao contrário de um acesso a um site familiar. Ao seguir as dicas acima e equilibrando-as com pais atentos e software de segurança, os pais podem reduzir significativamente o risco de seu filho encontrar algo perigoso ou impróprio online.