Google e Intel anunciam aparelho que vê em 3D

Conheça o Projeto Tango que está em desenvolvimento e permitirá que o aparelho (celular e tablet) aprenda sobre o ambiente ao seu redor.

As gigantes da tecnologia, Google e Intel se uniram para lançar o, até então, impensável: um celular que vê em 3D. O aparelho usará a tecnologia Intel RealSense, que reconhece gestos e voz, como se fosse um Kinect melhorado. A novidade foi anunciada no Fórum Intel para Desenvolvedores deste mês e faz parte do Projeto Tango.

Além da tecnologia Intel, o smartphone contará com sistema operacional Android, seguindo os passos do tablet recentemente lançado para desenvolvedores; do mesmo projeto. A principal diferença dele está na parte de trás que vem com várias câmeras, permitindo o uso da tecnologia citada.

Como funciona

O Projeto Tango vem com a ideia de fazer com que o aparelho veja como nós vemos, ou seja, em 3D. O dispositivo será capaz de entender o ambiente em que está inserido, tendo como base os três tópicos abaixo:

Rastreamento de movimento

Conta com sensores personalizados para compreender posição e orientação que lhe dão informações em tempo real sobre o movimento 3D.

Fonte: Projeto Tango

Percepção  de profundidade

Uma nova maneira de interação entre os mundos virtuais e reais através do entendimento do ambiente ao seu redor.

Fonte: Projeto Tango

Áreas de Aprendizagem

Ele usa pistas virtuais para reconhecer o mundo ao seu redor e auto-corrigir erros de rastreamento, além de relocalizar áreas já vistas.

Fonte: Projeto Tango

Para que serve

Essa tecnologia pode ter diversas utilidades, como realidade virtual e aumentada, mapeamento digital e muito mais. Afinal, diferente do GPS, que usa satélite, ela usa os sensores para aprender e reconhecer o ambiente.

O kit do tablet já está disponível para desenvolvedores pelo site, mas ainda não se sabe quando será disponibilizado o do smatphone. De acordo com a Intel, ainda este ano. Quanto ao lançamento para o público final, não tem previsão.