Google lança mapa colaborativo para celebrar o amor LGBT

Projeto quer incentivar o compartilhamento de lugares onde é possível viver com orgulho o amor e a diversidade

O medo da rejeição fez com que Patrick Hofmann, que nasceu e cresceu numa área rural do Canadá, escondesse a sua homossexualidade por anos. Hoje morando em Sydney, na Austrália, e atuando no Google, uma das maiores empresas do mundo digital, ele virou o jogo e mudou a própria história — mas não sem tentar ajudar outras pessoas a viverem uma nova realidade, também.

Patrick é da equipe responsável pelo Google Maps e está à frente do projeto ‘Places of Pride’, ou, em tradução livre, ‘Lugares de Orgulho’. Nele, qualquer pessoa pode contribuir com histórias especiais e inspiradoras num mapa colaborativo com pins nas cores da bandeira gay. Para isso, basta compartilhar os lugares que, na sua experiência pessoal, melhor representam a comunidade LGBT.

Pode ser um estabelecimento gay friendly, por exemplo, ou até mesmo o lugar do seu primeiro beijo, da sua “saída do armário” ou de uma experiência especial, como um pedido de namoro inesquecível. A ideia de Patrick, que por anos viveu achando que seria o único gay da região onde morava, é celebrar a diversidade e permitir que as pessoas identifiquem lugares onde é possível expressar todos os tipos de amor sem medo.

“Um mapa de ‘Lugares de Orgulho’ teria me dado mais confiança e ajudado a encontrar pessoas que gostam de mim como sou e apoiam a minha causa, inclusive por perto.” É assim que Patrick convida as pessoas a dividirem com o mundo onde é possível compartilhar o amor sem medo de rejeição. Não é mesmo uma boa iniciativa para ajudar a conscientizar de vez as pessoas de que todo amor é válido?

Acesse o mapa ‘Lugares de Orgulho’