rp_monumento-steve_2014-12-02-12-18-57.jpg

Memorial a Steve Jobs na Rússia vai a leilão

A maior rede social da Rússia, a VKontakte, se pronunciou contrária à retirada e propôs comprar a homenagem para instalá-la novamente na cidade

O memorial construído pela empresa Holdings Company em homenagem a Steve Jobs, na Rússia, e retirado de praça pública de São Petersburgo após o novo CEO da Apple, Tim Cook, assumir-se gay é liberado para venda.

A retirada da estrutura produziu uma enxurrada de crítica à empresa, acusada de homofobia. A empresa alega que a retirada já estava programada por conta de defeito no display, mas parece que o motivo é realmente o primeiro, já que o aparato está à venda no site da empresa por US$ 95 mil. E a companhia ainda exige que o memorial seja levado para fora da Rússia pelo comprador.

A maior rede social da Rússia, a VKontakte, se pronunciou contrária à retirada e propôs comprar a homenagem para instalá-la novamente na cidade, mas a ideia não foi para frente. Agora, os russos querem construir um novo monumento para lembrar o maior reformador do século 21, segundo consta nas posições da VKontakte.

É ou não é um sujeito estranho esse Vladimir Putin?