microsoft open source

Microsoft Open Source. Desenvolvedores de iOS, Android, Mac e Linux habilitados

A Microsoft abre suas portas a todos os desenvolvedores com o objetivo de expandir sua tecnologia e, também, seus negócios.

Sem dúvida alguma a Microsoft é uma das protagonistas tecnológicas de 2015. A empresa de Redmond anunciou nesta semana que no dia 29 de julho estará disponível, em todo o mundo, seu novo sistema operacional Windows 10, que trará também interessantes opções para os desenvolvedores de iOS, Android, Mac e Linux.

O objetivo da companhia é ambicioso e, por suposto, abre novos caminhos que implicam claramente a seus concorrentes, sobre os quais esperam aumentar sua quota de mercado. A Microsoft apresentou várias funções para o Windows 10, que vão desde capacidades de adaptar aplicações em dispositivos até novas maneiras para que os desenvolvedores criem um código para essa plataforma.

Para isso fornecerão quatro novos kits de ferramentas de desenvolvimento de softwares, que facilitarão a penetração do código para web, .NET, Win32, iOS e Android a Windows Store com algumas pequenas modificações.

Como o realizarão? Fácil. A empresa indicou que os desenvolvedores começaram com uma base de código existente, como as de Android ou iOS, depois integraram elas com as capacidades da plataforma universal do Windows e, posteriormente, poderão ser distribuídas por meio da Windows Store.

.NET Core para Linux e Mac

Seguindo com sua meta de potencializar os desenvolvedores, a Microsoft já habilitou, durante sua conferencia passada, Build 2015, seu preview de .NET Core para as plataformas Linux e Mac. Com isso, os desenvolvedores desses sistemas poderão utilizar a linguagem de programação Windows pela primeira vez nas suas máquinas. Essas ferramentas já estão disponíveis para baixar aqui.

Com esta proposta, a empresa deseja oferecer uma maneira econômica de desenvolver aplicativos, mas sobre tudo permitir uma integração rápida e ágil entre empresas, tornando mais fácil e livre o acesso a todo tipo de informação desde qualquer dispositivo.

“Ante os milhões de aparelhos no mercado na atualidade, os desenvolvedores precisam de ferramentas que permitam trabalhar desde diferentes plataformas e com múltiplos fatores”, indicou a companhia num comunicado.

Como se fosse pouco, a empresa também liberou seu IDE Visual Studio Code para as plataformas Linux e Mac OS X. Ele trata-se de um editor de código aberto muito leve e moderno, que é compatível com .NET e com outras linguagens de programação como JavaScript, Node.js, ASP.NET 5 e TypeScript.

Tudo indica que as novidades na Microsoft continuarão nos seguintes meses, confirmando mais uma vez sua contribuição à comunidade de desenvolvedores, e fortalecendo sua inclinação ao Open Souce como meio de expandir sua tecnologia. Neste enlace pode ver tudo aquilo que .NET permite que os desenvolvedores façam.