veja

O Vale do Silício é aqui

Movimento de startup no Brasil - Veja Rio.

Inspirados nas pequenas empresas de tecnologia que brotam às centenas na Califórnia, empresários cariocas criam um pulsante polo de novos negócios voltados à internet e ao universo digital. Pelo sucesso e poder de inovação, o Vale do Silício e sua peculiar cultura são, sem sombra de dúvida, uma referência constante dessas companhias.

Na tentativa de repetir o feito de seus principais ícones, algumas delas começam a jornada reproduzindo o ambiente de trabalho encontrado nas sedes do Yahoo! e do Google. Surgida há dois anos, a Xangô funciona em uma ampla cobertura no 13º andar de um prédio na Rua Siqueira Campos, em Copacabana. No apartamento de 1 200 metros quadrados, 63 funcionários (entre eles, quinze estrangeiros) têm à disposição comodidades como mesa de pingue-pongue, TV com videogame e um espaço para refeições com um vistão de toda a praia. Quando não estão disputando uma partida do joguinho Fifa 2012, eles se dedicam a atividades tão complexas quanto desenvolver antivírus para computador ou sistemas de armazenamento remoto de dados em cloud computing (computação em nuvem). Entusiasmado com o bom momento do país, seu fundador, o engenheiro Marco de Mello, 42 anos, voltou à cidade natal depois de duas décadas nos Estados Unidos. Desembarcou acompanhado dos sócios americanos Ram Rao e Ben Myers, que se mudaram com a família. “Tente convencer um gringo a morar em São Paulo e perceberá que não há dinheiro capaz de trazer o sujeito”, brinca. “Mas mencione Ipanema para ver o que acontece.”