rp_Android-security_2014-04-16.jpg

Qual celular é mais seguro, Android ou iOS?

Pergunta difícil de responder e que dependerá do uso que você faz do seu celular. Você nunca estará completamente seguro ao utilizar dispositivos móveis de qualquer plataforma. A […]

Pergunta difícil de responder e que dependerá do uso que você faz do seu celular. Você nunca estará completamente seguro ao utilizar dispositivos móveis de qualquer plataforma. A Apple é mais rígida quanto ao controle de APPs disponíveis em sua loja virtual, mas ambos os sistemas apresentam riscos similares de serem violados por hackers atrás de suas informações de login e dados. Estudos apontam uma maior circulação de malware entre dispositivos Android, em comparação aos ataques voltados para os aparelhos iOS, o que não quer dizer que o nível de dano causado por centenas de opções voltadas ao Android seja menor que o de um vírus que ataque iOS. Porém, por ser o Android uma plataforma aberta, faz com que aumente a probabilidade de criminosos se aproveitarem de alguma vulnerabilidade.

Um dos problemas do sistema Android é a quantidade de versões presentes nos aparelhos, o que expõe um maior número de pessoas ao ataque de hackers que se aproveitam de suas vulnerabilidades. A Apple, por sua vez, promove atualização do sistema operacional em massa, eliminando grande parte dos problemas e erros das versões anteriores. Quem tem a última versão do Android, estará igualmente protegido.

Outro fator de influência é o celular em si. A Apple por fabricar seus parelhos garante melhor funcionamento do pacote de segurança do seu iOS no hardware, enquanto a eficiência do mesmo serviço do Google varia dependendo do aparelho celular do usuário.

Apesar de apresentar menor porcentagem de erros, o terreno da Internet é mais inóspito aos que têm celulares Android. A precaução do usuário ao baixar aplicativos apenas de lojas seguras e manter instalado um pacote de segurança digital móvel, como o PSafe Total, pode garantir menor vulnerabilidade contra ações de criminosos da web, evitando a infecção do dispositivo por cavalos de tróia, por exemplo, ou outro dano maior.