rp_Smartphones-flip-_2015-02-03-12-05-30.jpg

Smartphones flip estão fortes na Ásia e podem chegar ao Ocidente

A chegada dos smartphones rapidamente colocou os antigos celulares em extinção. Mas eles parecem estar retornando das cinzas, veja o motivo.

Os celulares flip foram, por anos, um grande sucesso e objetos de desejo em todo o mundo. A chegada dos smartphones, contudo, rapidamente colocou os antigos aparelhos em extinção. Mas eles parecem estar retornando das cinzas, unindo o que cada geração tem a oferecer de melhor. A LG anunciou no início de 2015 o seu segundo smartphone flip em menos de um ano, lançado na Coreia do Sul.  No fim de 2014, um manual de usuário do Galaxy Golden 2 vazou na internet e mostrou um detalhes sobre a segunda geração dos smartphones com flip da Samsung. 

Mas, será que a tendência asiática pode chegar ao Ocidente? Segundo um levantamento feito pelo Pewinternet, essa é uma possibilidade real. De acordo com os especialistas, a evolução das pesquisas com telas flexíveis poderá baratear os custos da produção de aparelhos flip, que possuem maior facilidade para transporte e melhor resistência, principalmente porque a tela do dispositivo não fica exposta.

LG faz lançamento na Coreia do Sul

O Ice Cream Smart é um smartphone de flip que roda o Android 4.4 KitKat que, segundo a LG, reúne as vantagens dos modelos dobráveis com os celulares inteligentes. Ele é dono de botões físicos como o Kakao Talk, que acessa o aplicativo Kakao e conecta o usuário a um chat de voz, mas também tem uma tela sensível ao toque. 

O aparelho possui um processador Qualcomm Snapdragon com CPU quad-core de 1.2GHz, 1GB de RAM e 8GB de armazenamento interno, tela de 3,5 polegadas com resolução de 320 x 480 pixels e câmeras traseira de 8MP e frontal VGA.

Em setembro do ano passado a companhia lançou o LG Wine Smart, que tem características bem parecidas às do Ice Cream. A empresa afirmou na época que o smartphone foi pensado para idosos que poderiam se dar melhor com um teclado físico ao touchscreen.

Documento sobre smartphone flip da Samsung vaza

A sul-coreana Samsung, atenta ao mercado do país e dos vizinhos asiáticos, também pode estar revivendo a era dos telefones com flip. Um manual de usuário do Galaxy Golden 2 vazou na internet no fim do ano passado e mostrou detalhes sobre a segunda geração dos smartphones com flip da empresa.

O manual mostra um processador Snapdragon 801 quad-core de clock desconhecido, uma GPU Adreno 330 e 2GB de RAM. A diferença fica por conta das telas. São dois displays, um por dentro e outro por fora, de 4,6’ (1280 x 768).

O aparelho, que é dual-SIM, roda o Android 4.4, tem uma câmera de 16MP na traseira e uma de 2MP na frente. Além desses detalhes, o manual não esclarece mais nenhuma informação útil a respeito do Galaxy Golden 2.

Segundo as primeiras informações, os aparelhos serão vendidos apenas na Ásia, sem qualquer previsão de lançamento para o resto do mundo. Portanto, se você é fã deste tipo de aparelho, terá que torcer para que o fenômeno saia da Ásia e conquiste novas terras.

Os aparelhos flip que não esquecemos

Motorola StarTAC – O primeiro celular com flip completo do mundo foi o Motorola StarTAC, em 1996. Ele mesclava um visual ainda “tijolão” com a modernidade do “concha”, sendo um dos primeiros grandes sucessos da história dos celulares. 

O aparelho também introduziu o vibracall como alternativa aos ringtones. Na época, quem quisesse aproveitar essa maravilha tecnológica precisava desembolsar cerca de US$ 1 mil.

Samsung SGH-E700 – Um celular elegante e leve, 88gr., com câmera VGA e duas telas LCD coloridas (interna e externa). As fotos deste Samsung eram armazenadas nos 9MB de memória do aparelho, e a conexão de internet era feita via WAP 2.0. Ele também vinha com dois jogos em JAVA.

As opções de cores eram poucas, azul escuro ou prata. Assim como vários outros modelos esse está fora do “mercado formal” (operadoras), mas pode ser encontrado usado facilmente.

Motorola RAZR V3 – Poucos fizeram tanto sucesso quanto o V3. Estima-se que ele seja o modelo mais vendido da fabricante, com mais de 130 milhões de unidades comercializadas. O aparelho era bastante fino para a época (13 mm de espessura) e tinha um design moderno. Sua tela, muito grande para os concorrentes da ocasião, era um dos principais atrativos.

Um pouco mais moderno que o anterior, ele tinha tela de 176×220 pixels, câmera VGA, bluetooth e a possibilidade de sincronizar conteúdo com o PC. A memória disponível, entretanto, era de incríveis 7MB. O sucesso do modelo foi tanto que a linha RAZR foi ressuscitada anos depois para o lançamento de uma série de smartphones.

Outros aparelhos flip de sucesso

Samsung Flip E1270

Motorola Flip EX212

Samsung SGH X560

Sansung Olho Azul Sgh A800