rp_e-mail_2014-04-25.jpg

8 dicas para aumentar a segurança ao receber e enviar anexos por e-mail

Quando falamos de e-mail, muitas pessoas concordam que os anexos podem são um grande incômodo, mesmo com inúmeras facilidades aplicadas por serviços de e-mail, o anexo ainda é […]

Quando falamos de e-mail, muitas pessoas concordam que os anexos podem são um grande incômodo, mesmo com inúmeras facilidades aplicadas por serviços de e-mail, o anexo ainda é uma parte chata desse processo, sem contar que pode ser insegura por estar muito associada a vírus e ser a forma mais utilizada por cibercriminosos.

Para ajudar na sua segurança, selecionamos oito dicas para você enviar e receber e-mails com mais segurança.

Se o remetente ou mensagem for suspeito, exclua-o

Evite ao máximo abrir e-mails de estranhos, sempre desconfie do conteúdo. E tenha em mente que qualquer membro da sua família ou colega de trabalho pode ser vítima de um hacker, que pode enviar um vírus utilizando o e-mail de um conhecido seu, uma vez que o hacker – após a invasão – tem acesso a todos os contatos. Primeiro, certifique-se sempre que o e-mail veio de uma pessoa confiável e analise o conteúdo da mensagem.

Se for aberto acidentalmente, feche imediatamente

Se por acaso você abrir um anexo suspeito por acidente, feche o programa (de preferência no Gerenciador de Tarefas) e desligue o computador imediatamente. Tomando essa atitude, você aumenta suas chances de não sofrer com o vírus, uma vez que o processo de instalação é interrompido.

Evite anexos grandes

Ao enviar um anexo de e-mail com segurança, certifique-se de que o tamanho do arquivo não é muito grande. Para algo maior do que 10MB, leve em conta o uso de alternativas como o Dropbox ou Google Drive fornecendo um link em vez de um anexo.

Implemente um sistema de arquivamento com segurança

Se a sua empresa lida com anexos todos os dias, proponha a ideia de implementar um sistema de arquivamento que detecta possíveis spam ou fraudes de forma inteligente e abre os anexos com um antivírus. O departamento de TI pode fazer isso facilmente em toda a empresa, caso ainda não tenha sido implementado.

Mantenha o seu computador atualizado

Independentemente do seu sistema operacional, manter tudo atualizado pode ser fundamental para bloquear um vírus dentro de um anexo de e-mail, antes que entre em seu computador. Tanto o Windows quanto o Mac tem a opção de atualizar automaticamente, o que você deve habilitar para a proteção total de e-mails.

Use um navegador seguro

O Psafe Internet é um navegador que contém tudo que você precisa para consumir conteúdo na internet e torna a sua navegação segura. Opções como antiphishing e bloqueio de anúncios são fundamentais para evitar infecções

Use senhas fortes

A maioria dos serviços de e-mail exige que você use uma senha forte, mas de qualquer forma você deveria ir além. Use várias letras maiúsculas e uma variedade de números ou outros símbolos para tornar a sua senha o máximo à prova hackers. Mesmo que a sua nova senha seja difícil de lembrar no começo, vale a pena o aborrecimento inicial. Para mais dicas de segurança em senhas, leia esse artigo.

Nunca envie informações confidenciais

Mesmo o envio dos seus dados financeiros ao seu pai por e-mail pode representar um risco. Se um hacker invade a sua conta, eles terão acesso as suas informações também. Como resultado, evite o envio de qualquer informação sensível. Se você não quiser nada publicado na Internet, não envie por e-mail.

Apesar de muitos provedores de e-mail oferecerem antivírus integrados e outros recursos de segurança, ainda é recomendável seguir as oito dicas acima para maximizar a segurança do seu e-mail.