Android terá suporte à API Vulkan para melhorar processamento gráfico

Nova tecnologia, Vulkan permitirá uma maior liberdade para os desenvolvedores Android. Entenda os benefícios!

Na semana passada, a Google anunciou que o Android suportará a tecnologia API Vulkan, do Grupo Khronos, responsável por elevar ainda mais a qualidade e renderização de imagens nos dispositivos. A novidade permitirá aos desenvolvedores um maior controle sobre os componentes do aparelho e a possibilidade de otimizar o processamento de vídeo em jogos e aplicativos. O Vulkan chega ao sistema operacional da Google para equilibrar a balança com os rivais, iOS e Windows Phone, que já possuem tecnologias parecidas – Metal e DirectX 12, respectivamente.

A chegada do recurso é um grande passo para os desenvolvedores Android. Com ele, será mais fácil para um programador gerenciar a quantidade de atividades demandadas para CPU, GPU e memória, otimizando assim o desempenho gráfico do dispositivo. Em outras palavras, isso significa que um aparelho com Vulkan poderá processar tarefas mais complexas e com menos desgaste do sistema. Confira o exemplo do vídeo abaixo:

Como é possível perceber no teste executado com o protótipo do Vulkan, o sistema apresentou um resultado muito superior em qualidade de imagem e com um uso muito menor de desempenho da CPU. Ele também dará mais liberdade para o desenvolvedor utilizar recursos e funções e eliminar atividades dispensáveis para o processamento em questão.

A Google ainda não revelou se o Vulkan virá incorporado no recém-anunciado Android Marshmallow. Porém, garantiu que ele será compatível com praticamente todos os dispositivos lançados a partir de 2013, ou seja, aqueles que possuem qualquer GPU com suporte à atual API Open GL ES 3.1. Além disso, a empresa dará a opção aos desenvolvedores de escolher se desejam utilizar ou não essa tecnologia.