rp_Segurança_2015-02-20-18-21-41.jpg

Gigantes se unem para diminuir alertas de vírus falsos positivos

Google e Microsoft firmam parceria.

Veja também: Como incluir programas na Lista Segura do PSafe Total

O Google criou um projeto que visa diminuir a quantidade de alertas falsos de malware pelos antivírus. A ideia é permitir que, através de parceria, as empresas desenvolvedoras de programas e componentes possam alimentar uma lista de programas confiáveis, apesar de serem identificados pelos antivírus como ameaça.

Através da parceria com a Microsoft, mais de 6 mil falsos positivos relacionados aos componentes do Windows foram corrigidos. Quando um antivírus identifica um arquivo ou URL suspeita que se encontra na lista, uma janela é mostrada dizendo que é de fonte confiável e se encontra na lista da empresa tal como seguro. Assim, o antivírus pode tirá-lo da lista de alerta de vírus.

Mais parcerias são necessárias para melhorar o projeto, mas hoje, quando um falso positivo é identificado, a desenvolvedora é avisada para corrigir o mais rapidamente o que está incluindo ele na lista de possíveis ameaças. Para evitar uma identificação falso positiva é importante manter o antivírus sempre atualizado.