golpe-no-whatsapp

Alerta! Golpe no WhatsApp simula liberação de 14º salário pelo Governo

770 mil pessoas já caíram em novo golpe no WhatsApp que informa sobre falsa liberação de 14º salário pelo Governo Federal. Entenda como funciona!

Com a proximidade do final do ano, hackers estão se aproveitando para enganar usuários de smartphones com a falsa promessa de que o Governo Federal liberou um lote de 14º salário para os brasileiros que fazem aniversário entre os meses de janeiro a junho. Esse novo golpe no WhatsApp já fez mais de 770 mil vítimas em apenas seis dias, segundo a equipe do DFNDR Lab laboratório de segurança especializado no combate ao cibercrime.

O golpe do 14º salário continua ativo. Por isso, alerte seus amigos para que eles não caiam nessa roubada!

Entenda como funciona o golpe no WhatsApp

O golpe promete ao usuário que já tenha trabalhado com carteira assinada pela CLT a possibilidade de conferir se ele tem o direito a receber, por meio da Caixa Econômica Federal, o valor de um salário mínimo – R$ 937,00. Para fazer a consulta, a vítima precisa acessar um link e responder três perguntas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Independentemente das respostas fornecidas, o usuário é encaminhado para uma nova página que sinaliza um benefício disponível a ser resgatado. Mas, para realizar o suposto saque, é necessário que ele compartilhe o link com dez amigos ou dez grupos de conversa via WhatsApp. Desta forma, o hacker consegue disseminar de forma mais rápida o golpe, atingindo um maior número de vítimas.

O diferencial desse golpe é que, em meio ao passo a passo, o criminoso solicita permissão para enviar notificações ao celular do usuário. Isso permite que o hacker consiga envolvê-lo em outros golpes no futuro, sem precisar enviar links. Nos testes realizados pelos especialistas em segurança do DFNDR, algumas horas após o acesso ao golpe, o cibercriminoso enviou uma outra armadilha, via notificação direta para o celular das vítimas.

Leia mais: Saiba o que são ataques cibernéticos e veja como se proteger desses golpes virtuais

Fique seguro!

Para não cair em armadilhas na internet, como em golpe no WhatsApp, é importante que você desconfie de qualquer tipo de promessa exagerada que chega por mensagens, checando sempre se é algo real, ao entrar em contato diretamente com a empresa ou órgão do governo envolvido. Além disso, é imprescindível manter no seu celular um software de segurança com a função antiphishing, como o DFNDR Security– aplicativo gratuito para Android, pois esse sistema é capaz de analisar todas as ameaças existentes no ambiente online.

Clicou no golpe?

Fique calmo! Os especialista em segurança recomendam que você entre em contato com a sua operadora de celular para cancelar qualquer serviço de SMS pago que o hacker possa ter contratado; passe um antivírus no celular, para identificar possíveis malwares instalados; e por último, remova a permissão de notificações do Chrome, para que você não receba novas mensagens de golpe pelo telefone.

*Atualizado em 11/10/2017