twitter plagiados

Twitter apaga conteúdos plagiados por infração de direito autoral

Entendendo que a cópia sem dar crédito de tuíte é uma infração de direito autoral, a rede social decidiu apagar todos os conteúdos plagiados.

No Twitter piadas, fotos e status se espalham de forma tão rápida, que fica fácil perder de vista o autor do conteúdo. Em defesa dos direitos autorais, o microblog começou a deletar esses tuítes copiados. O posicionamento da empresa foi percebido por um usuário e logo foi espalhado pela rede.

O caso que trouxe a tona a remoção de tuítes plagiados aconteceu com a escritora freelancer Olga Lexell. Após ver que uma piada sua estava sendo reproduzida na rede social sem créditos, ela recorreu ao microblog e denunciou os perfis envolvidos.

Lexell explicou que o texto publicado é de sua propriedade intelectual. Após isso, a escritora foi surpreendida com a atitude do Twitter, que apagou todos as cópias dando lugar a mensagem “Esse tuíte foi retido em resposta a uma denúncia do detentor de direitos autorais”. É possível encontrar o destino das postagens fazendo uma busca pelo conteúdo escrito.

Para fazer a denúncia, o microblog utiliza a licença DMCA (Digital Millennium Copyright Act), que é responsável pelas questões de direitos autorais e propriedade intelectual. Com isso, qualquer usuário pode reivindicar a autoria de seus conteúdos publicados na rede.

A licença abrange fotos, vídeos e links que redirecionam para sites de material ilícito, como downloads. Porém, esse é o primeiro registro de utilização da DMCA em tuítes, posts ‘nascidos no microblog’.

Para denunciar um tuíte plagiado, ou até um perfil que poste conteúdo copiado com frequência, basta preencher o formulário e proceder com a requisição de remoção de conteúdo do Twitter.