rp_whatsapp-messenger-todas-versoes_2014-06-09.jpg

WhatsApp fica fora do ar e recebe críticas

No último domingo, Whatsapp ficou fora do ar. A demora para normalizar causou descontentamento entre os usuários.

WhatsApp Messengerr ficou fora do ar no último domingo (08/06). A falha no sistema do aplicativo de mensagens começou a ser notada pelos usuários no Brasil às 8h da manhã e somente foi normalizada por volta das 16h45 da tarde.

Ao testar a ferramenta de status do sistema, o WhatsApp informava que “o serviço está com problemas no momento”. O serviço se tornou instável enviando e recebendo mensagens com atrasos no Android, IOS (iPhone) e no Windows Phone.

No Twitter, usuários brasileiros reclamavam da instabilidade do aplicativo durante a tarde de domingo, com um pico no volume de tuítes às 15h. Até a tarde de hoje não havia confirmação oficial do problema.

A conta @WA_Status, indicada pelo WhatsApp como meio de comunicação oficial na Internet sobre o status do serviço, não apresentava nenhuma mensagem sobre a instabilidade da tarde do último domingo.

Histórico de quedas após compra pelo Facebook

Aplicativo de mensagens mais popular do Brasil e um dos mais utilizados do mundo, o WhatsApp tem sido alvo constante de usuários insatisfeitos.  Após ser comprado pela mesma empresa que controla o Facebook em fevereiro, por 19 bilhões de dólares, os episódios de instabilidade e falhas técnicas se multiplicaram.

Das últimas vezes, problemas com servidores sobrecarregados foram apontados como a causa pela equipe do WhatsApp. Em um mês e meio desde a compra, o sistema apresentou diversas baixas e uma delas chegou a quatro horas de duração, fazendo o fundador do aplicativo pedir desculpas publicamente.

O Whatsapp deixará de ser gratuito?

O WhatsApp vem alertando seus usuários no ato de realização de seu login que, após um ano de testes do serviço, será cobrada uma taxa anual para o uso de US$ 0,99 (o equivalente a R$ 2,50). O pagamento desta pequena quantia tem o propósito de continuar mantendo o funcionamento do aplicativo sem a necessidade de inclusão de propagandas. 

Todavia, são frequentes os relatos de usuários que ultrapassaram este tempo e não receberam nenhum aviso de cobrança. É importante destacar que a cobrança será realizada somente para a utilização do aplicativo. A troca de mensagens entre usuários permanecerá gratuita.