Como comprar pelo celular sem risco de ser enganado ou roubado

Veja as dicas fundamentais para aproveitar boas ofertas pela internet com total proteção contra links falsos ou com vírus

Na semana da Black Friday, o dfndr security bloqueou 6.1 milhões de tentativas de ataques. Na prática, isso significa que os hackers estão aproveitando a mobilização que a data comercial provoca para lançar links falsos ou com vírus por redes sociais, internet e SMS.

Mas então, fazer compras pelo celular não é recomendado? Não é isso. Segundo os especialistas do laboratório de segurança digital dfndr lab, é possível aproveitar as ofertas sem correr nenhum risco de ser enganado ou roubado basta adotar algumas ações simples, mas fundamentais para proteger seu celular e dados. Veja a seguir quais são elas.

Como comprar pelo celular com segurança em 4 passos:

1. Use redes seguras

Redes Wi-Fi públicas/abertas, como as do shopping, rodoviária ou restaurantes, são muito mais vulneráveis ao ataque de hackers, que podem inclusive, usar os nomes de estabelecimentos públicos para enganar os usuários.

Portanto, comprar pelo celular, prefira a conexão 3G ou 4G. Caso use o Wi-Fi, certifique-se de que está conectado a uma rede privada (com senha) conhecida, como a do seu trabalho ou da sua casa. Para conferir se esta rede está segura, você também pode lançar mão de ferramentas como o WiFi Check, do dfndr security. A função trata verificar a rede e indicar, na mesma hora, se há algum perigo.

2. Cuidado extra com links do WhatsApp

Todos estão no WhatsApp, certo? Justamente por isso, é pelo app de mensagens que hackers costumam espalhar promoções falsas, como é o caso recente da oferta de passagem grátis usando o nome da Latam.

Os links podem ser compartilhados por qualquer contato, inclusive familiares e amigos que, sem saber, acabam repassando o golpe. Nos últimos 3 meses, o dfndr security bloqueou cerca de 34 milhões de links maliciosos compartilhados pelo WhatsApp.

Por isso, é extremamente importante instalar um app de segurança que ofereça uma função de anti-hacking e anti-phishing. O Bloqueio de Hackers, do dfndr security,  é capaz de bloquear em tempo real esses links falsos ou com vírus. Assim, mesmo clicando, você não será enganado ou infectado.

Leia também: Confira 5 promoções que na verdade são golpes no WhatsApp

3. Instale um antivírus

Antes de comprar pelo celular, rode uma ferramenta de antivírus. Além de impedir ataques de vírus, o antivírus pode verificar se há alguma vulnerabilidade no seu celular capaz de roubar informações que você inserir durante a compra.

4. Conte com um detector de links suspeitos

Hackers criam páginas falsas muito semelhantes às originais. Por isso, ao menor sinal de dúvida, use um site capaz de verificar se o link é malicioso, como o dfndr lab. A ferramenta é grátis e pode ser usada por qualquer pessoa, quantas vezes for necessário.

Leia também: Descubra como ter um detector de link suspeito no celular

Ao receber um link por WhatsApp, SMS ou Facebook, você pode tocar na mensagem pressionando o dedo por alguns segundos e, então, escolher a opção copiar. Em seguida, basta abrir o dfndr lab e colar o link no espaço indicado no site para analisar se é verdadeiro.

PUBLICIDADE

acelere-seu-android-instale-dfndr-security