Brasileiros acessaram fake news 4,8 milhões de vezes entre julho e setembro de 2018

Quinta edição do Relatório da Segurança Digital no Brasil, do dfndr lab, aponta que 46% das notícias falsas no trimestre foram referentes a ‘política’.

O crescimento no número de fake news no Brasil tem sido um dos assuntos mais comentados em todo o mundo. De acordo com o Relatório da Segurança Digital no Brasil, do dfnd lab, laboratório de cibersegurança da PSafe, mais de 4,8 milhões de notícias falsas foram detectadas somente nos meses de julho, agosto e setembro de 2018. No trimestre, o total de fake news foi 43% maior do que foi registrado no mesmo período em 2017.

Leia mais: Como bloquear fake news no WhatsApp?

Política é principal tema das fake news no Brasil neste trimestre

As notícias falsas envolvendo política foram responsáveis por 2,2 milhões de detecções no trimestre, o que representa 46,3% das detecções. Alavancado pela disseminação de fake news no Brasil, o número de links maliciosos cresceu 11%, se comparado ao igual período do ano passado. O total de detecções de links maliciosos foi de 43,8 milhões no trimestre e os especialistas atribuem o aumento ao aperfeiçoamento dos golpes.

“A cada trimestre, o número e a sofisticação das fake news crescem consideravelmente. As eleições foram o principal gancho desse trimestre, mas qualquer tema que gere grande volume de cliques para ganho com publicidade ou que possa influenciar a opinião pública são utilizados como chamariz”, comenta Emilio Simoni, diretor do dfndr lab.

65% das pessoas já receberam conteúdo falso em apps de mensagem

Uma pesquisa realizada pelo aplicativo dfndr security com mais de 35 mil respondentes de diversos estados do Brasil mostra que quase 65% das pessoas já receberam algum tipo de conteúdo falso em aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Facebook Messenger. O tom alarmante ou sensacionalista e o fato de solicitar compartilhamento são os principais motivos pelos quais o conteúdo se espalha rapidamente por meio de amigos, familiares e conhecidos.

Como identificar fake news

Alguns pontos-chave podem ajudar a evitar o compartilhamento de fake news. Abaixo, listamos as três principais dicas dos nossos especialistas em segurança

1) Duvide de informações compartilhadas na internet, especialmente se forem temas polêmicos e/ou alarmistas. Procure fontes confiáveis. Isto vale não apenas para notícias, como também no caso de promoções e outras oportunidades;

2) Instale um aplicativo de segurança que alerta sobre links maliciosos e fake news. A função Bloqueio de Hackers do dfndr security, aplicativo de segurança gratuito, detecta e avisa sobre páginas ou sites maliciosos em tempo real, inclusive dentro do WhatsApp, Messenger e SMS. Toque aqui para instalar.

3) Utilize e indique para seus conhecidos uma ferramenta de verificação de páginas, como o dfndr lab. Através do site www.psafe.com/dfndr-lab/pt-br/ o usuário pode colar o link da notícia suspeita e os especialistas verificarão se o link é confiável ou não.

Para acessar o Relatório da Segurança Digital no Brasil na íntegra, clique aqui.

Leia também: Descubra o que é Phishing, Vírus, Malware e outros tipos de ciberataques

PUBLICIDADE

Proteção em segundos. Instale o dfndr security.