O que é LGPD?

Descubra o que é LGPD e entenda como se prevenir contra o vazamento de dados pessoais na internet.

Você sabe o que é LGPD? Este é um assunto que vem sendo bastante discutido ultimamente, e não é por acaso. A frase “dados são o novo petróleo” é citada por executivos no mundo todo para explicar que, na era digital, todas as informações são valiosas. Portanto, seus dados estão constantemente na mira de cibercriminosos e pessoas mal-intencionadas. Diante deste cenário, governos de diversos países se uniram para combater o vazamento de dados e o uso irregular. Saiba o que é LGPD e como se manter seguro.

O que é LGPD e para que serve

Considerada um marco para a cibersegurança brasileira, a lei 13.709/2018, nomeada LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados – tem como objetivo regularizar a maneira como as empresas coletam, armazenam e compartilham os dados pessoais de seus clientes. Isso significa que os usuários passam a ter mais controle e conhecimento sobre como, onde, com que finalidade e por qual motivo suas informações privadas estão sendo utilizadas.

A PSafe – desenvolvedora dos aplicativos dfndr – realizou uma pesquisa que revelou que 1 em cada 5 brasileiros já teve suas informações pessoais roubadas e usadas sem consentimento. Existem muitos casos em que esses dados são vazados na internet, resultando em diversas consequências para as vítimas como spams, roubo de identidade e ciberataques, por exemplo. Para entender a importância dessa lei, é necessário conhecer os diversos riscos do mundo online.

O perigo do vazamento de dados

O vazamento de dados acontece quando alguém compartilha suas informações sem autorização. Até grandes empresas como o Facebook, LinkedIn e Snapchat já tiveram dados de seus usuários expostos na internet. Segundo Emilio Simoni, diretor do dfndr lab – laboratório especializado em segurança digital – o vazamento de dados pode ocorrer por diversos motivos.

“É bastante comum que os cibercriminosos tentem explorar pontos vulneráveis de segurança em empresas para roubar conteúdo sigiloso ou buscar fragilidades em servidores terceirizados por essas empresas que contenham base de dados vazadas sem uma senha de proteção. A partir daí, o atacante pode fazer chantagens com as vítimas para não vazar seu conteúdos sigilosos na internet” explica Simoni.

Como proteger meus dados?

É importante lembrar que todos os usuários estão vulneráveis de alguma forma na internet. Pensando nisso, o dfndr lab listou algumas medidas de segurança para que você possa estar sempre atualizado e protegido.

Crie senhas eficientes
Considerada a dica principal para a segurança na internet, o dfndr lab procura sempre frisar a importância da escolha de senhas fortes para proteger suas contas. O ideal é ter uma senha diferente para cada conta, além de utilizar mecanismos como a autenticação de dois fatores para as mais importantes. “Ao invadir uma conta, a primeira ação do criminoso é tentar acessar outros serviços com a mesma senha e, depois, alterá-la para que o usuário não tenha mais acesso a sua conta”, ressalta Simoni.

Leia mais: Metade dos brasileiros usam a mesma senha em suas contas na internet

Tome cuidado com suas informações
Ao criar uma conta em uma rede social como Facebook, Twitter ou Instagram, você já é considerado um alvo. Sabendo disso, os especialistas de segurança recomendam sempre ter cautela com o tipo de informação que você compartilha nas redes. Não forneça número de telefone, número de cartão de crédito, CPF, endereço físico ou data de nascimento em seus perfis ou para sites e pessoas não confiáveis.

Não interaja com e-mails estranhos
O phishing é uma das maneiras que os hackers utilizam para obterem seus dados. “Os usuários que costumam acessar seus e-mails pelo celular precisam redobrar a atenção, principalmente porque existem ciberataques desenvolvidos exclusivamente para infectar smartphones”, completa Simoni. Portanto, para saber se um e-mail é malicioso, atente-se aos remetentes desconhecidos, anexos não solicitados, procure por erros ortográficos, desconfie de assuntos “urgentes” e não forneça informações para ninguém que você não conhece.

Leia mais: Veja como tirar vírus do email que envia spam, malwares e phishings em seu nome

Tenha um sistema de segurança eficiente
Sistemas de antivírus são a primeira barreira contra ataques externos. É importante garantir que seus dados estejam sempre seguros contra golpes na internet. Existem recursos de segurança que permitem o monitoramento de suas credenciais digitais, como o dfndr security – aplicativo para Android e iOS. Ele conta com a função de verificação de vazamentos, que te permite verificar se o seu e-mail utilizado em sites e redes sociais foi hackeado ou vazado.

 

Já com o monitoramento de roubo de identidade, também do dfndr security, suas credenciais são mantidas sob controle 24 horas por dia. Além disso, o app envia notificações sempre que um vazamento relacionado a seus dados for detectado. Você ainda recebe toda semana um relatório completo com o status de segurança de todas as suas contas cadastradas. Você pode baixar grátis o dfndr security aqui.

 

Instale o dfndr security.Instale o dfndr vault.
 

PUBLICIDADE

Proteção em segundos. Instale o dfndr security.