Como atualizar o Android com segurança

Atualizar o Android é importante para corrigir falhas de segurança e garantir a compatibilidade com novos aplicativos; veja dicas

Atualizar o Android vai muito além de melhorar o desempenho do seu celular. O processo de atualização do sistema influencia diretamente na segurança do seu aparelho. Mas por quê?

Os especialistas do dfndr lab  – laboratório especializado em segurança digital – explicam!

Diariamente novos códigos e tecnologias são desenvolvidos por hackers para conseguir invadir celulares e roubar dados sigilosos dos usuários. Por isso, as atualizações em geral, buscam implementar um software de segurança mais inteligente, que reforça a proteção, corrige falhas e fecha possíveis vulnerabilidades no sistema.

Leia também: Como se proteger de sites falsos

Como atualizar o Android de forma segura pelo próprio celular

Apesar de ser um processo simples, é muito comum que a maioria das pessoas ignore o aviso automático de atualização. Seguindo o passo a passo abaixo, você poderá atualizar o Android manualmente a qualquer momento com total segurança.

1. O primeiro passo é identificar a versão atual do seu Android. Para isso, acesse as Configurações e selecione Sobre telefone.

Em alguns celulares a versão aparece na primeira tela, já em outros é necessário selecionar Informações de software. 

2. No segundo passo você vai iniciar a atualização. Esse processo pode variar de celular para celular.

Na tela de Configurações, procure por Atualização de Software.
Caso não encontre, selecione novamente Sobre telefone e procure por Atualização do sistema.

Como atualizar o Android de forma segura pelo computador

Outra forma de atualizar o Android, é acessar o site da marca do seu celular. Cada uma delas disponibiliza um software responsável por atualizar os dispositivos móveis.

Após identificar a existência de uma atualização, baixe e instale o aplicativo disponível no site do fabricante. Em seguida, conecte o aparelho ao computador através do seu cabo USB e abra o aplicativo instalado. Como este próximo passo é diferente em cada programa, procure nos menus ou ícones alguma referência sobre a atualização da versão disponível. Ao encontrá-la, confirme a atualização e aguarde o término do procedimento.

A equipe do dfndr lab garante que essas são as formas mais seguras de atualizar o Android. Outras atualizações alternativas não oficiais que envolvem o procedimento de root não são indicadas, pois podem comprometer o funcionamento do celular, fazendo com que ele superaqueça frequentemente, desligue sozinho e não ligue mais.

Além disso, caso o seu telefone ainda esteja no período de garantia, você pode perder esse benefício por ter modificado as configurações originais do aparelho.

Dica do especialista:

O lançamento de novas versões de software do Android e suas correções leva um tempo para chegar ao mercado. Além disso, segundo Emilio Simoni, Diretor do dfndr lab, a maioria das invasões não ocorre somente por falha de segurança, ocorre porque o usuário instala um app infectado achando que se trata de um app legítimo.

“Daí a importância de ter um antivírus instalado no celular para manter a segurança do seus dados e do seu aparelho em dia”, explica Simoni. 

Ao escolher uma opção, dê preferência a um antivírus com as tecnologias anti-phishing e anti-hacking, como o dfndr security. Ele é capaz de fazer verificações automáticas sempre que um app é baixado, de executar varreduras completas  em todo o sistema do Android e de enviar alertas de segurança sempre que o usuário acessa um site falso ou recebe um link infectado também por WhatsApp e Facebook.

Para instalar grátis é só clicar aqui.

*Texto publicado originalmente em 11 de março de 2015.