Computador - ransomware

5 prejuízos que um ataque ransomware pode causar a sua empresa

Essa ameaça coleciona vítimas no mundo corporativo e pode causar danos irreparáveis para os cofres e reputação da empresa.

O ransomware está entre as ameaças virtuais que mais trazem dores de cabeça para as empresas. Trata-se de um programa ou arquivo malicioso que quando instalado em um computador ou celular é capaz de “sequestrar” o acesso às informações ali presentes. Os prejuízos que esse tipo de ataque pode causar vão além do financeiro, eles podem ser sociais e jurídicos.

1. Prejuízos financeiros

Esse tipo de golpe vem se popularizando devido à sua alta lucratividade proveniente dos resgates exigidos para a devolução dos dados – principalmente quando as vítimas são empresas. Há diversos casos de instituições que cedem às chantagens e pagam valores altíssimos para obter seus acessos. Porém, a palavra de hackers não pode ser considerada como confiável, prova disso são os diversos casos de empresas que pagam o resgate e não obtêm seus dados de volta e voltam a sofrer novas extorsões ou ter suas informações comercializadas.

Além dos resgates, há as penalizações da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que prevê a suspensão das atividades e multas de até R$ 50 milhões por infração para empresas que tiverem seus dados vazados. Uma pausa nos negócios pode trazer ainda mais prejuízos para o faturamento e para todo o processo operacional da empresa, somada às multas o destino pode ser a falência. 

2. Roubo e vazamento dos dados corporativos

As empresas têm buscado formas de fazer backup das suas bases de dados para se prevenir em caso de ataques de ransomwares. Dessa forma, os cibercriminosos perceberam a necessidade de mudarem suas abordagens. A intenção não é apenas roubar as informações como também vazá-las. Já existem sites criados especialmente para expor dados vazados que poderão ser acessados livremente ou comercializados.

Um levantamento realizado através da solução de segurança empresarial da PSafe, dfndr enterprise, aponta que em 2021 mais de 5 bilhões de e-mails e senhas já foram vazados. A solução descobriu também um site público onde seria possível consultar cerca de 426 milhões de dados pessoais e 109 milhões de informações de CNPJs e placas de veículos.

Com suas informações confidenciais vazadas e disponíveis para outros cibercriminosos e até mesmo para concorrentes, a empresa tem seus prejuízos potencialmente ampliados. Isso porque, dependendo dos dados que foram expostos, há inúmeras formas de utilizá-los em ações criminosas.

3. Mancha na reputação e perda de contratos

Se não bastasse a perda financeira, a reputação da empresa também fica manchada no mercado, o que consequentemente leva a perda de cliente e dificuldade de aquisição de novos. Isso porque nenhuma pessoa confiaria em passar ou manter seus dados nos registros de uma empresa que já sofreu vazamentos. E não é apenas os dados da empresa que correm riscos, as informações de seus fornecedores também podem acabar nas mãos dos hackers. Esse tipo de incidente pode comprometer a relação entre a empresa e seus parceiros, resultando no cancelamento de contratos.

4. Dados adquiridos por concorrentes

Apesar de não ser uma atitude ética, empresas podem comprar dados vazados de seus concorrentes para utilizarem a favor de seus negócios. Por exemplo, se os códigos de um programa são vazados, isso pode facilitar que eles sejam usados para a criação ou aprimoramento de produtos da concorrência. Outra forma ilegal é o uso de listas de clientes e de valores pagos para oferecer serviços com valores menores.

5. Abertura para novos ataques

O vazamento de dados de colaboradores também pode trazer riscos enormes para a empresa. Por exemplo, com o acesso ao e-mail, os hackers podem se apossar da conta do contratado para roubar outros dados. Os cibercriminosos podem ir além, com login e senha eles podem invadir os sistemas da empresa, e assim, disseminar ataques de ransomware para outros colaboradores, criar páginas falsas nos sites da empresa para roubar dados de clientes e até mesmo tirar os sistemas da empresa do ar.

Você pode conferir se os colaboradores da sua empresa já tiveram seus e-mails e senhas vazadas com o Verificador de Vazamentos, uma ferramenta do dfndr enterprise.

Proteção com seguro contra ataques ransomware para sua empresa

É essencial ter a proteção do dfndr enterprise para proteger seus dados corporativos contra ataques ransomware e vazamento de dados. Uma solução preditiva proativa que identifica as vulnerabilidades dos sistemas empresariais em tempo real e atua rapidamente no bloqueio de ataques ransomware e de outras ameaças virtuais.

Com a ferramenta, além de sua empresa reduzir significativamente as chances de ser penalizada pelas altas multas da LGPD, você também pode obter um seguro contra ataques ransomware. A  ação inédita da PSafe com a AIG, uma das líderes mundiais no ramo de seguros, oferece aos clientes do dfndr enterprise cobertura e indenização em caso de infecções por ataque ransomware.*

Saiba mais sobre o seguro e como contratar clicando aqui.

*Sujeito a todos os termos e condições da oferta e da apólice formal. Consulte sempre a versão das Condições Gerais do produto específico, para informações completas
Garantido por AIG Seguros Brasil S/A. CNPJ 33.040.981/0001-50 | Central de Atendimento AIG 24 horas: 0800 726 6130 / Atendimento AIG a Deficientes Auditivos: 0800 724 0149 | Ouvidoria (2ª a 6ª-feira, das 9h às 18h): 0800 724 02 19 / Ouvidoria – Atendimento a Deficientes Auditivos e de fala (2ª a 6ª-feira, das 9h às 18h): 0800 200 1244. PROCESSO SUSEP CYBER Nº 15414.901341/201413. O registro deste plano na SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação a sua comercialização.
Apólice intermediada pela corretora Interbrok (WOOD MACVAR CORRETORES DE SEGS LTDA, CNPJ: 65.081.879/0001-99), e sujeita a aprovação da AIG.