PSafe e Ministério da Justiça firmam parceria para conscientizar sobre golpes na Internet

Parceria faz parte da estratégia das instituições para o combate contra crimes cibernéticos e Fake News no Brasil

A PSafe Tecnologia S/A, empresa brasileira líder em segurança e performance digital, e o Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciaram a assinatura de uma parceria para integrar dados e competências técnicas do dfndr lab, Laboratório de Cibersegurança da PSafe, aos do Ciberlab, Laboratório de Operações Cibernéticas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

Qual o objetivo da parceria?

Por meio desse projeto, a PSafe e Ministério da Justiça e Segurança Pública planejam conscientizar a população a respeito de crimes cibernéticos e fake news que circulam na Internet. A iniciativa representa mais um passo na estratégia da empresa de segurança digital para impedir o avanço do cibercrime no Brasil, combate no qual está engajada desde sua fundação, há 9 anos. Por meio do seu laboratório especializado em segurança digital, o dfndr lab, utiliza tecnologia proprietária baseada em inteligência artificial e machine learning, em colaboração com a comunidade, para mitigar golpes e trazer esclarecimentos sobre fatos inverídicos.

Como se iniciou?

Dentre os projetos do dfndr lab está o Relatório da Segurança Digital no Brasil, que anualmente traça um panorama sobre a cibersegurança no país. De acordo com Alesandro Barreto, Coordenador do Ciberlab/MJSP. foi através desta iniciativa que os especialistas em segurança tiveram seu primeiro contato.

A equipe do Ciberlab teve conhecimento do Relatório da Segurança Digital no Brasil produzido e difundido pelo dfndr-lab. Ampliamos nossas buscas e conseguimos ver que no site que a PSafe realiza levantamentos sobre golpes com o tema Coronavírus no Brasil. Notamos a qualidade do serviço, bem como o escopo bem delimitado para a realidade nacional”, explica o coordenador.

Leia também: Golpes com o tema Coronavírus atingem mais de 11 milhões de acessos e compartilhamentos

As expectativas para a iniciativa são muitas

Barreto ressalta ainda uma tendência mundial sobre o formato da parceria que se inicia entre PSafe e Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“A parceria público-privada no combate à criminalidade cibernética está sendo consolidada em todas as agências do Law Enforcement no mundo. Na ação desenvolvida pelo Ciberlab/MJSP e o dfndr lab da PSafe, com foco em crimes cibernéticos realizados com a temática do COVID-19, foi de fundamental importância, pois os dados repassados pela PSafe foram analisados sob a ótica da segurança pública no ambiente cibernético, permitindo aos gestores conhecerem o cenário atual e terem acesso a dados seguros para tomada de decisões com objetivo de mitigar esses crimes e alertar a sociedade dos riscos existentes”.

A PSafe acredita que uma internet segura deve ser um bem público, como água potável e energia  elétrica. Por esse motivo, também   disponibiliza um software cheio de recursos focados em segurança e performance,  o dfndr security. O app está disponível para dispositivos Android e iOS e você pode baixar clicando aqui: 

Instale o dfndr security.Instale o dfndr security.

Você pode ver o relatório na íntegra clicando aqui: Fraudes e Golpes Cibernéticos COVID-19